Fluminense terá direito a R$ 3,69 milhões por venda de Praxedes ao Red Bull Bragantino

·2 minuto de leitura


O Red Bull Bragantino oficializou nesta sexta-feira a contratação do volante Bruno Praxedes, de 19 anos, vindo do Internacional. Quem observa o negócio é o Fluminense. Os valores pagos pelo Massa Bruta giram em torno de seis milhões de euros (R$ 36,9 milhões) por 60% dos direitos do atleta que pertenciam ao clube gaúcho (que manteve 10%) e mais os 10% que pertenciam ao Tricolor carioca, que vai lucrar.

+ Fluminense ultrapassa R$ 387 milhões com vendas de joias de Xerém em 10 anos; relembre

Assim, o Fluminense terá direito a R$ 3,69 milhões pela transferência, a mais cara da história do Bragantino. O contrato de Praxedes é válido até junho de 2026. O atleta já estava treinando no clube desde a semana passada, mas aguardava detalhes burocráticos para ser anunciado.

A saída de Praxedes do Tricolor se deu no fim de 2018. Meses antes, em julho, quando ele estava no Sub-16, o jogador se envolveu em uma polêmica nas redes sociais ao indicar que torcia pelo Flamengo. A situação gerou insatisfação interna e da torcida. Por isso, o clima não era tão favorável.

Veja a tabela do Brasileirão

Ainda na gestão de Pedro Abad, Praxedes foi procurado pelo Internacional quando estava no fim de seu contrato de formação, ou seja, amador. Ele foi liberado para assinar com o clube gaúcho e no acordo ficou acertado que o time carioca teria 50% dos direitos econômicos. Havia uma cláusula que permitia ao Inter a compra de 20% dos direitos por R$ 500 mil, o que foi feito em 2020.

Os outros 20% foram negociados com o jogador para pagar uma dívida de cerca R$ 1,3 milhão com os empresários, evitando que o caso fosse para a Justiça. Assim, o Flu manteve apenas 10%, negociados neste momento com o Red Bull Bragantino.

Bruno Praxedes
Bruno Praxedes

Praxedes passou pela base do Flu (Foto: Reprodução/Twitter)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos