Fluminense tenta voltar a eliminar times da Série A na Copa do Brasil após seis anos; relembre as partidas

·3 minuto de leitura


O Fluminense inicia, nesta quarta-feira, mais uma caminhada na Copa do Brasil. Campeão pela primeira e única vez em 2007, o Tricolor busca o bicampeonato e está de olho também nas premiações do torneio. No entanto, para ter sucesso será preciso quebrar um indigesto jejum. Há seis anos a equipe não consegue eliminar um time da Série A no torneio mata-mata. A última vez foi em 2015, com gol de Fred sobre o Grêmio.

> Um ano da volta! Relembre os momentos decisivos de Fred na segunda passagem pelo Fluminense

O primeiro adversário será justamente um rival de divisão e que promete dar trabalho. No Maracanã, às 21h30 (de Brasília), o Flu encara o Red Bull Bragantino pelo jogo de ida. No último Brasileirão, vale lembrar, o time de Bragança Paulista foi pedra no sapato, vencendo em casa e conseguindo um empate por 0 a 0 no Rio de Janeiro.

Veja os confrontos da Copa do Brasil

​Relembre a seguir as últimas participações do Fluminense na Copa do Brasil:

Grêmio 1 x 1 Fluminense (Foto: Ricardo Rimoli)
Grêmio 1 x 1 Fluminense (Foto: Ricardo Rimoli)

Grêmio 1 x 1 Fluminense (Foto: Ricardo Rimoli)

A ÚLTIMA

Em 2015, o Flu estreou na Copa do Brasil direto nas oitavas de final, quando eliminou o Paysandu, que jogava a Série B. Depois, já encarou duas pedreiras, primeiro, deixou o Grêmio pelo caminho nas quartas de final, com empates por 0 a 0 no Rio e 1 a 1 em Porto Alegre. Como ainda havia a regra do gol qualificado, foi o marcado por Fred que valeu a classificação. No entanto, a equipe acabou caindo para o Palmeiras na semi nos pênaltis.

FICOU NA BRONCA

Em 2016, o Tricolor passou por Tombense (MG), da Série C, Ferroviária (SP), da Série D, e Ypirang (RS), também da Terceira Divisão. No entanto, nas oitavas, enfrentou o Corinthians. A ida, no Rio, foi 1 a 1, mas a volta terminou 1 a 0 para os paulistas. O segundo jogo gerou muita reclamação dos cariocas sobre a arbitragem. O Fluminense teve três gols anulados e reclamou de dois pênaltis não marcados.

DEVOLVEU

Se dois anos antes deu Fluminense, em 2017 teve revanche. Antes disso, nas duas primeiras fases, o Tricolor carioca eliminou o Globo (RN) e o Sinop (MT), ambos da Série D. Depois, passou por Criciúma na terceira e o Goiás na quarta, ambos da Série B. No entanto, parou nas oitavas de final para o Grêmio, perdendo os dois jogos por 3 a 1 e 2 a 0.

Avai x Fluminense
Avai x Fluminense

Flu foi eliminado pelo Avaí (Foto: Eduardo Valente)

NEM DEU TEMPO

Em 2018, o Fluminense nem chegou a enfrentar um time de Série A na Copa do Brasil. A caminhada teve a Caldense (MG), da Série D, na primeira fase, o Salgueiro (PE), da Série C, na segunda, e uma eliminação para o Avaí na terceira fase. A equipe estava na Série B na época, mas venceu no Rio de Janeiro por 2 a 1 e em casa por 1 a 0.

DOEU

Já em 2019, o Flu passou por cima do River (PI), da Série D, além do Ypiranga (RS), Luverdense (MT) e do Santa Cruz, nos pênaltis, todos da Série C. Nas oitavas de final, novamente em disputa de penalidades, encarou o Cruzeiro. Foram dois empates, por 1 a 1 e 2 a 2. Em Belo Horizonte, teve até um golaço de bicicleta de João Pedro, mas não foi o suficiente.

MAIS UM

Na última temporada, em 2020, o Fluminense decepcionou mais uma vez. Na primeira fase, eliminou o Moto Club (MA), da Série D, de virada fora de casa e venceu o Botafogo (SP), da Série B, no Maracanã. Depois, virou nos 180 minutos contra o Figueirense, que também estava na segunda divisão, mas não resistiu ao Atlético-GO na quarta fase. O Flu venceu por 1 a 0 na ida, mas acabou perdendo por 3 a 1 na volta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos