Fluminense tem seis mil ingressos vendidos para estreia de Diniz na Sul-Americana

Fluminense tem jogo decisivo pela Sul-Americana nesta quarta (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)


O Fluminense mais uma vez não deve ter casa cheia para a partida decisiva da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã. O confronto contra o Junior Barranquilla (COL) tem até o momento 6.150 ingressos vendidos e é válido pela quarta rodada da fase de grupos. O jogo marca a reestreia de Fernando Diniz como treinador do clube tricolor.

A partida será decisiva para as pretensões do Fluminense na competição continental. Terceira colocada, a equipe tem quatro pontos, enquanto o Junior Barranquilla é o líder com sete e o Unión Santa Fe (ARG) está com cinco. Faltam três rodadas para o fim da fase de grupos e apenas o primeiro lugar avança para as oitavas de final.

Veja a tabela da Sul-Americana

O Flu, inclusive, tem tido dificuldade de colocar bons públicos como mandante. A média da temporada não chega nem aos 20 mil presentes nas 13 partidas em casa (o jogo com o Millonarios não foi contabilizado porque os números não foram divulgados). No Brasileirão, por exemplo, foram quase 23 mil diante do Santos e pouco mais de 16 mil contra o Internacional.

Desde 2015, a média do Fluminense está em 14.054 pessoas. A expectativa nessa temporada era melhorar esses números com o retorno do público depois da pandemia da Covid-19.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos