Fluminense tem oito contratos por encerrar neste mês de dezembro - entenda o cenário

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

Em condições normais, contratos com encerramento no dia 31 de dezembro não gerariam 'dor de cabeça' para diretorias, afinal, trata-se de um período em que já não temos bola rolando por aqui. Mas o atípico 2020 mudou todo o calendário do futebol, e com isso, vínculos que se encerram no último mês do ano simbolizam uma perda com a temporada em andamento: o ano esportivo só será concluído em fevereiro de 2021.

Como destaca o Globoesporte, o Fluminense é um dos clubes que tende a trabalhar bastante nos próximos dias, já que tem oito contratos profissionais em vias de expirar. A maioria deles envolve jogadores que estão nas equipes Sub-20 e Sub-23, além de dois atletas que hoje fazem parte do plantel de Odair Hellmann. A seguir, detalhes sobre a situação de cada um deles:

FBL-BRAZIL-FLAMENGO-FLUMINENSE | CARL DE SOUZA/Getty Images
FBL-BRAZIL-FLAMENGO-FLUMINENSE | CARL DE SOUZA/Getty Images

Elenco principal

Dodi
O volante tem contrato com o Fluminense até 31 de dezembro e não permanecerá no clube. Está afastado das atividades após desfecho polêmico nas tratativas de renovação. Recebeu proposta do futebol japonês e este deve ser seu destino para 2021.

Hudson
Peça importante para Odair, o volante de 32 anos está no Fluminense via empréstimo, já que seu passe pertence ao São Paulo. O clube paulista passará por eleições e só discutirá negociações após o pleito, mas o interesse do Tricolor Carioca e do atleta é a renovação do vínculo

Categorias de base

Entre Sub-20 e Sub-23, o Fluminense tem seis contratos por expirar em dezembro: Caio Vitor (atacante), Gabriel Capixaba (meia), Higor (zagueiro), Matheus Pato (atacante), Cassini (meia) e Pedro Rangel (goleiro). Dentre eles, somente o último tem conversas adiantadas para renovação de vínculo: o Tricolor já tem um acordo costurado com a Itapirense, de São Paulo, para adquirir os direitos econômicos do promissor arqueiro.