Fluminense tem jogos decisivos na luta contra a degola

Gazeta Press


O Fluminense está apenas a um ponto da zona de rebaixamento. (Foto: Lucas Merçon / Fluminense)

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O Fluminense vive uma situação delicada no Campeonato Brasileiro. Com 12 pontos conquistados, o time está a apenas um do Cruzeiro, que hoje a abre a zona de rebaixamento. Por isso, é preciso voltar a pontuar o mais rapidamente possível. E o Tricolor terá duas oportunidades de ouro pela frente, uma vez que, nas duas próximas partidas pelo Brasileirão receberá no Maracanã, os dois piores colocados na tabela de classificação.

No domingo o time encara o CSA a partir das 16h (de Brasília), O campeão alagoano é o penúltimo colocado com oito pontos. Depois, o duelo será com o Avaí, lanterna com apenas seis conquistados.


“Em 14 jogos até aqui o nosso desempenho é ruim. Não queremos condicionar a reação a essas duas partidas em casa, mas são realmente jogos muito importantes e precisamos ganhar. Como tínhamos que ter vencido a nossa partida em casa contra o Goiás. A situação é ruim e temos de mudar isso”, disse o vice-presidente de futebol Celso Barros, que já convive com a pressão de ter que demitir o técnico Fernando Diniz.

Para agravar o problema, entre esses jogos o Fluminense fará duas partidas contra o Corinthians pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, competição que também é considerada muito importante nas Laranjeiras.

Dentro de campo o elenco treina nesta sexta-feira à tarde, quando Diniz deverá definir a escalação que vai medir forças com o CSA. O meia Nenê, expulso após o apito final na derrota de 2 a 1 para o Atlético-MG, fica de fora para cumprir suspensão.


Leia também