Fluminense tem caso confirmado de coronavírus no elenco


O único jogador do elenco a ter o teste de COVID-19 inconclusivo na primeira rodada de exames do Fluminense refez o procedimento e teve confirmado o diagnóstico de coronavírus. O nome do jogador é mantido em sigilo, mas ele já está isolado e sob observação do departamento médico à distância. A informação foi publicada inicialmente pelo “UOL” e confirmada pelo LANCE!.

Nos 191 exames realizados pelo clube em jogadores, familiares, comissão técnica e membros do departamento de futebol, o Fluminense já havia tido quatro positivos. Dois de funcionários e dois de familiares de atletas. Todos foram automaticamente isolados.

Na semana passada, o Fluminense realizou as primeiras testagens em todos os profissionais ligados ao departamento de futebol. Um laboratório especializado foi o encarregado pela testagens. Foram utilizados os testes de IGG/IGM e PCR. O primeiro é feito pela coleta de sangue e indica se o paciente esteve ou está infectado pelo vírus e se já possui anticorpos. O segundo é realizado através de um cotonete inserido pelo nariz e indica se a pessoa está com a doença na fase aguda. Este é mais conclusivo.

Os jogadores que estavam fora do Rio de Janeiro em quarentena com os familiares retornaram para realizar o exame no CT Carlos Castilho. O clube paralisou as atividades ainda em março e retomou os treinamentos presenciais na sexta-feira.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também