Fluminense quita salário de janeiro referente a CLT; PJ recebem mais 30%


Os jogadores e funcionários do Fluminense receberam nesta quarta-feira os 20% restantes do salário de CLT referente à janeiro. Já os trabalhadores que recebem por PJ (pessoa jurídica), ganharam mais 30% da remuneração, chegando a um total de 80%. Portanto, em carteira, falta ao clube quitar o mês de fevereiro, que venceu no quinto dia útil de março (dia 6). A informação foi divulgada inicialmente pelo Globo Esporte e confirmada pelo LANCE!.

Apesar dos atrasos, o presidente Mário Bittencourt vem cumprindo à risca a sua principal promessa de quando foi candidato à presidência do Fluminense. Com janeiro quitado, a atual diretoria já acertou 12 folhas salariais. O mandatário assumiu o Fluminense em junho, tendo o próprio mês da posse em atraso, além de abril, maio e 13º de 2018.

Não há previsão de pagamento do salário de fevereiro. O clube deve também alguns meses de direitos de imagem, remuneração que nem todos os jogadores recebem.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também