Fluminense pode se manter motivado na Taça Rio?

Sim, a culpa é do regulamento. Por ter sido campeão da Taça Guanabara, o Fluminense já está garantido na semifinal do Campeonato Carioca. E diante desta realidade, Abel Braga  mandou para Bacaxá, no último domingo (12), um time de reservas (com exceção de Richarlison e o retorno de Cavalieri), que venceu o Boavista por 2 a 0, em um jogo sonolento e sem emoção. 

Desta forma, a pergunta que fica é: como manter uma equipe motivada com este cenário? 

Abel Braga - Fluminense

Com a classificação automática para a semifinal, o técnico pode focar na Copa do Brasil e Sul-Americana e assim não desgastar tanto os seus principais jogadores neste início de temporada. Desta forma, Abel aproveitou a falta de atratividade competitiva para dar chances.

E é exatamente esta vontade de mostrar serviço e até mesmo colocar uma dúvida na cabeça do treinador que podem ser as duas principais armas do Fluminense. 

Richarlison Fluminense Boavista estadual 13 03 2017

"Para os que querem alcançar coisas melhores ou uma renovação de contrato, o título da Taça Guanabara é pouco. Nós vamos com tudo", disse o lateral-direito Lucas.

Contra o Boavista, apesar da vitória, os jogadores que entraram em campo não conseguiram apresentar um bom futebol e nem encheram os olhos do treinador. O torcedor, inclusive, precisou se esforçar para não dormir nas arquibancadas.

É óbvio que eles vão precisar apresentar mais para impressionar Abel. No entanto, o elenco do Fluminense têm se mostrado forte e vem crescendo sob o comando do treinador. 

O objetivo de Abel é a Copa do Brasil e ele nunca escondeu isso. Desta forma, a atenção está voltada para a próxima quarta-feira (15), quando o Fluminense faz o jogo de volta da terceira fase, após empatar com o Criciúma em 1 a 1 fora de casa. O Tricolor possui a vantagem do empate sem gol ou uma vitória simples para avançar na competição.