Fluminense perde apenas uma em janeiro e entra em mês decisivo com sonho de vaga direta na Libertadores

Luiza Sá
·3 minuto de leitura


Depois de passar meses jogando praticamente uma vez por semana, o Fluminense tinha um desafio em janeiro: voltar a ter poucos dias de descanso e, mesmo assim, reagir para se manter na briga por Libertadores. E o Tricolor foi bem, com quatro vitórias, um empate e uma derrota, o time dirigido por Marcão entrará no último mês do Campeonato Brasileiro com não só o sonho de voltar ao torneio continental após oito anos, mas também de conquistar a vaga direta pelo G4.

> ATUAÇÕES: Em grande jogo coletivo do time, Martinelli e Nenê são os destaques na vitória do Fluminense

A vitória por 3 a 0 contra o Goiás, pela 33ª rodada, coloca o Flu em quinto lugar, com 53 pontos. A equipe ainda aguarda o resultado do Palmeiras, na terça-feira, que pode ultrapassar caso vença. São cinco pontos de desvantagem para o São Paulo, em quarto, posição que dá a classificação direta à Libertadores.

VEJA E SIMULE A TABELA DO BRASILEIRÃO

Foram 13 pontos conquistados em 18 possíveis. Apesar de tropeços significativos, como a goleada contra o Corinthians por 5 a 0 e o empate em 3 a 3 com o Coritiba, penúltimo colocado, o Fluminense sai com a confiança elevada. As atuações, é verdade, deixaram a desejar. Exceto pela vitória deste domingo, o Tricolor teve momentos ruins contra Flamengo, Sport e Botafogo, mesmo saindo com resultados positivos. Entretanto, a partida contra o Goiás pode indicar bons caminhos, apesar da fragilidade do adversário.

Para encerrar a competição, o Fluminense volta a entrar em campo nesta quarta-feira, quando encara o Bahia, último adversário brigando contra o rebaixamento desta sequência de cinco partidas. O duelo será na quarta, às 21h30. Depois, o Flu terá o Atlético-MG, Ceará e Santos, todos brigando na parte de cima. Por fim, recebe o Fortaleza no Maracanã.

- Vamos fazendo conta no dia a dia, jogo a jogo. As oportunidades vão acontecendo. Temos que pensar nisso, não queremos ir muito longe para não perder o foco. Temos organização, imaginamos quantos pontos precisa para ir direto para a fase de grupos. Eles que criaram essa situação vencendo os jogos. São cinco decisões, já precisamos pensar no jogo de quarta. É um jogo difícil, eles jogando tudo. Mas vamos tentar trazer pontos para o Rio de Janeiro - analisou o técnico Marcão.

JOVENS EM ALTA E CRÍTICAS

Outro fator positivo que janeiro trouxe ao Fluminense foram os jogadores da base. O grande destaque da vitória contra o Goiás foi o volante Martinelli, autor de dois gols. Além dele, vale ressaltar as utilizações de John Kennedy e Samuel Granada, que recebeu a primeira chance neste domingo. Marcão terá reforços importantes para os momentos finais da temporada em um momento que o Flu pode perder atletas importantes, como Marcos Paulo e Wellington Silva.

Frequentemente criticado, o técnico Marcão espera ter mais tranquilidade para trabalhar nesse próximo mês. O comandante e ídolo tricolor entende a pressão em um clube grande, mas vê com otimismo o futuro do Tricolor.

- Você que trabalha em um grande clube está sujeito a isso. Não podemos perder a convicção no trabalho, no grupo, na entrega. Com energia boa lá dentro para nós nos envolvermos com isso. Sabíamos que em algum momento poderíamos retomar nosso caminho de vitórias e bons jogos, com dedicação, como fizemos em 2019. Nós que trabalhamos no Fluminense temos que estar preparados para isso tudo.