Fluminense paga 30% do salário de setembro a jogadores e funcionários

Luiza Sá
·1 minuto de leitura


O Fluminense acertou, na última segunda-feira, 30% do salário da CLT de setembro com jogadores e funcionários. Com isso, agora ficam em aberto os 70% restantes, além dos valores integrais de outubro. Com a parte dos atletas que recebe direitos de imagem, o Flu ainda deve os meses de agosto, setembro e outubro.

A prioridade do clube será acertar a dívida que tem com todos até o fim deste ano. Pelo combinado feito quando houve redução salarial, o Fluminense precisaria fechar 2020 com os salários em dia, sob risco de ter o acordo cancelado.

O pagamento em parcelas tem sido uma prática comum na gestão de Mário Bittencourt, que opta por fazer desta forma ao invés de deixar os funcionários sem nada. Esta diretoria assumiu o cargo em junho de 2019 com dois meses e meio de atrasos.