Fluminense mostra marca da trava da chuteira de Rodrigo Caio na coxa de Cazares em bastidores do jogo

·2 minuto de leitura


No último domingo, o Fluminense divulgou o vídeo de bastidores do empate por 1 a 1 com o Flamengo, no Maracanã, na primeira partida da final do Campeonato Carioca. Uma das imagens mostra a marca das travas da chuteira do zagueiro Rodrigo Caio na coxa do meia Cazares. O lance gerou revolta em Fred e nos torcedores, que pediram a expulsão do atleta rubro-negro. A entrada foi aos 44 minutos do segundo tempo e o árbitro Alexandre Vargas Tavares de Jesus aplicou apenas um cartão amarelo.

Veja a tabela do Carioca

Além deste momento, as imagens mostram o clima de descontração antes de a bola rolar e o discurso do capitão Fred. Na fala, ele dá a entender que os titulares tiveram a opção de ganhar dias de folga, mas optaram por treinar e estar em campo na decisão.

- Abrimos mão de passar com a nossa família, os caras deram (folga) para nós e pedimos para treinar porque sabemos o que é jogar um clássico, principalmente contra eles (Flamengo). Então vamos para ganhar, personalidade, alegria para jogar e vamos ganhar - disse Fred.

As imagens também enfatizam o grande número de pessoas do lado do Flamengo na arquibancada do Maracanã. No fim da partida, houve confusão entre os torcedores e até envolvendo Fred. O Fla levou 114 convidados, enquanto o Flu manteve apenas os funcionários que já vão às partidas normalmente.

Ao fim dos lances da partida, o vídeo relembra a entrada de Rodrigo Caio em Cazares e mostra a coxa do jogador tricolor. Depois, o técnico Roger Machado faz o discurso final enaltecendo a entrega do time, mas destaca que o primeiro tempo foi ruim.

– A primeira parte já passou. Nos superamos e conseguimos um resultado deixando a disputa aberta. Nós não vamos fazer dois primeiros tempos da forma como fizemos duas vezes. O que nos faltou foi tranquilidade para colocar a bola no chão. Nosso time tem uma característica de não se entregar, de ser aguerrido, como é a mística do clube, mas nós temos que colocar a bola no chão e jogar. Futebol se sobrepões às dificuldades do jogo, é jogar. Por vezes a gente abriu mão um pouquinho do jogo para brigar pela disputa da partida, e é jogar - disse o treinador.

– Essa semana já tem Libertadores de novo. Parabéns aos que começaram e aos que entraram, isso é a prova que estamos com um grupo forte. Quem entra, entra bem e ajuda a gente a superar as adversidades do jogo. Sai todo mundo exausto, todo mundo deu o que podia dentro de campo. Ainda sobrou um algo mais para semana que vem - completou.

O segundo jogo da decisão contra o Flamengo será no próximo sábado, às 21h05 (de Brasília), no Maracanã. Antes, o Tricolor recebe o Junior Barranquilla, da Colômbia, nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), também no Maracanã. O Fluminense precisa apenas de um empate para garantir vaga nas oitavas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos