Fluminense perde para o Atlético-GO e desperdiça chance de entrar no G6

Luiza Sá
·3 minuto de leitura

O Fluminense perdeu, mais uma vez, a chance de entrar no G6 do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o Tricolor perdeu para o Atlético-GO por 2 a 1, no Estádio Antônio Accioly, pela 27ª rodada. O time de Marcelo Cabo foi superior ao longo de todo confronto e contou com gols de Wellington Rato e Jean para vencer. Felippe Cardoso ainda descontou para o Flu.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Com o resultado, o Atlético-GO sobe para a nona posição na tabela, com 34 pontos, e se distancia bem da zona de rebaixamento. Já o Fluminense permanece em sétimo, com 40 pontos, mas pode cair para oitavo em caso de vitória do Santos. As duas equipes voltam a entrar em campo apenas depois do Natal, para a 27ª rodada, a última neste ano. Os goianienses visitam o Grêmio no domingo, dia 27, às 20h30. Já o Flu receberá o líder São Paulo no sábado, dia 26, às 21h.

Leia também:

PARA DORMIR...

Foram pelo menos 30 minutos de pouquíssima inspiração em Goiânia. Tanto do lado do Atlético-GO, que fez uma marcação alta e tentou pressionar, mas não teve sucesso nas finalizações, quando pelo Fluminense, com um time lento e incapaz de chegar à frente com qualidade. Os donos da casa controlaram a partida e não chegaram a ser ameaçados. A melhor chance aconteceu aos 37 minutos, em chegada rápida do time goiano. Dudu fez boa jogada pela direita e cruzou para Gustavo Ferrareis, que cabeceou errado e mandou para fora.

PRESSIONOU E MARCOU

Depois desta chegada, o desânimo acabou por parte dos donos da casa, que rapidamente balançaram a rede. Depois de desacelerar e manter um duelo sonolento, o time de Marcelo Cabo retomou o ritmo mais intenso e a pressão e se aproveitou de um Fluminense com muitos erros e sem velocidade para sair na frente. Aos 42 minutos, Gustavo Ferrareis fez grande jogada no meio de campo e rolou para Marlon Freitas cruzar rasteiro. A bola chegou a Wellington Rato, que empurrou para o fundo do gol para abrir o placar.

SEM INSPIRAÇÃO

A segunda etapa começou com uma chance para cada lado, com Ferrareis travado por Yuri na área aos quatro minutos e Marcos Paulo dando o primeiro chute do Fluminense em direção ao gol na partida aos nove. Natanael e Rato ainda tiveram outras duas jogadas para o Atlético, que continuou melhor em campo depois do intervalo. A partida melhorou de nível, mas seguiu com muitos erros e pouco aproveitamento para criar oportunidades reais de perigo.

MATOU O JOGO

Mesmo com as alterações, o Fluminense não conseguiu ser eficiente na frente, ameaçou pouco e pagou o preço pelos espaços dados ao Atlético. Aos 40 minutos, o time da casa, enfim, fechou a partida. Nenê tocou com a mão na bola dentro da área e, após revisão do VAR, o árbitro assinalou a penalidade. O goleiro Jean foi para a cobrança e ampliou para os goianos. Felippe Cardoso ainda diminuiu para o Tricolor nos minutos finais, mas não deu tempo para uma reação.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-GO 2X1 FLUMINENSE

Data/Hora:
16/12/2020, às 21h30
Local: Antônio Accioly, Goiania (GO)
Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Assistentes: Thiaggo Americano Labes (SC) e Éder Alexandre (SC)
Árbitro de vídeo: Heber Roberto Lopes (SC)

Cartões amarelos: Hudson, Lucca, Ganso, Fernando Pacheco (FLU)
Cartões vermelhos: -
Gols: Wellington Rato (42'/1ºT) (1-0), Jean (41'/2ºT) (2-0), Felippe Cardoso (47'/2ºT) (2-1)

ATLÉTICO-GO (Técnico: Marcelo Cabo)
Jean; Dudu, João Victor, Éder Ferreira e Natanael; Pereira, Marlon Freitas e Chico (Oliveira - 38'/2ºT); Gustavo Ferrareis (Danilo Gomes - 22'/2ºT), Wellington Rato (Jeanderson - 35'/2ºT) e Zé Roberto (Roberson - 22'/2ºT).

FLUMINENSE (Técnico: Marcão)
Marcos Felipe; Igor Julião, Luccas Claro (Matheus Ferraz - 29'/1ºT), Nino e Danilo Barcelos; Hudson, Yuri (Lucca - 26'/2ºT), Nenê (Ganso - 39'/2ºT) e Michel Araújo (Fernando Pacheco - INTERVALO); Marcos Paulo (Felippe Cardoso - 39'/2ºT) e Fred.