Fluminense joga mal e perde para o Internacional em casa no Brasileirão

·3 min de leitura


O Fluminense protagonizou mais uma partida de poucas emoções e perdeu para o Internacional por 1 a 0, neste sábado, no Maracanã. Alemão garantiu a vitória para o Colorado pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro em jogo marcado pelos constantes erros, quase nenhum perigo para os goleiros e muita reclamação da torcida tricolor com a arbitragem, os adversários e o próprio time.

Fluminense x Internacional
Fluminense x Internacional

Internacional venceu o Fluminense pela terceira rodada do Brasileirão (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)

Com o resultado, o Fluminense fica em nono lugar, com quatro pontos em três partidas. Já o Internacional fica na terceira posição, com seis. Agora, as duas equipes voltam as atenções para a Copa Sul-Americana, jogando na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília). O Flu enfrenta o Unión Santa Fe, da Argentina, no Maracanã, enquanto o Inter vai até a Colômbia enfrentar o Independiente Medellín.

Veja a tabela da Série A do Brasileirão

PROBLEMA

Os primeiros minutos do duelo no Maracanã foram equilibrados, mas o Internacional teve mais chances no ataque. Rodrigo Moledo chegou a levar perigo, enquanto o Fluminense assustou pouco. A má notícia, porém, foi com Manoel. O zagueiro sentiu dores na perna direita em possível problema muscular, até tentou ficar no campo, mas precisou ser substituído aos 15 minutos. Luccas Claro foi quem entrou.

LENTIDÃO

Os primeiros 45 minutos foram marcados por um deserto de ideias dos dois times. Foram apenas três finalizações em direção ao gol, sendo duas do time da casa. O Fluminense mostrou dificuldade nas transições e na infiltração na área, sem conseguir assustar o adversário. Pouco criativo e errando muitos passes, faltou mais vontade para as jogadas realmente saírem. A primeira grande oportunidade foi aos 44, mas Cano pegou mal na bola.

INTER NA FRENTE

O Fluminense até voltou do intervalo tentando se arriscar mais no ataque, mas foi o Internacional quem conseguiu abrir o placar. Aos oito minutos, após jogada de pé em pé, a bola chegou até a ponta esquerda e De Pena, nas costas de Calegari, cruzou para Alemão. O atacante, que havia acabado de entrar, tomou a frente de David Braz e colocou a bola no fundo da rede para abrir o placar.

RECLAMAÇÕES

O técnico Abel Braga, então, decidiu mexer no time. Willian deixou o campo muito vaiado para a entrada de Jhon Arias, enquanto David Braz deu lugar a Luiz Henrique. O zagueiro, porém, reclamou da decisão de Abel. Além de demonstrar impaciência com o próprio time, os tricolores também vaiaram o Internacional por demorar a reiniciar o jogo, além de ficar muito tempo no chão nas faltas recebidas.

ATUAÇÃO RUIM

A reta final do jogo foi de um Fluminense ainda muito pouco produtivo, especialmente chegando próximo ao gol. Calegari começou a ser vaiado quando pegava na bola e os erros persistiam nos passes antes da finalização. A torcida cobrava a cada momento, apesar de cantar para tentar incentivar. As últimas cartadas de Abel foram Fred e Matheus Martins nas vagas de Martinelli e Paulo Henrique Ganso.

NADA FEITO

Mas nada mudou para os donos da casa. O Inter até foi mais perigoso, dando sustos no goleiro Fábio já na reta final. As vaias e o canto de "time sem vergonha" marcaram o término da partida no Maracanã com vitória colorada.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 0X1 INTERNACIONAL

Data/Hora:
23/04/2022, às 19h
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA-SC)
Assistentes: Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes (SC)
Árbitro de vídeo: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Gols: Alemão (8'/2ºT) (0-1)
Cartões amarelos: David Braz, Luccas Claro, Fred, Calegari, Arias (FLU), David, Daniel, Rodrigo Dourado (INT)
Cartões vermelhos: -

FLUMINENSE: Fábio; Nino, Manoel e David Braz (Luiz Henrique - 15'/2ºT); Calegari, André, Martinelli (Fred - 33'/2ºT), Ganso (Matheus Martins - 33'/2ºT) e Marlon; Willian Bigode (Arias - 15'/2ºT) e Germán Cano. Técnico: Abel Braga.

INTERNACIONAL: Daniel; Bustos, Rodrigo Moledo, Gabriel Mercado e Renê; Gabriel, Edenilson (Rodrigo Dourado - 39'/2ºT), Mauricio (Boschilia - 26'/2ºT), Carlos de Pena e Wanderson (David - 16'/2ºT); Wesley Moraes (Alemão - intervalo). Técnico: Mano Menezes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos