Fluminense joga mal, Boavista vence e acaba com invencibilidade tricolor

Gabriel Rodrigues
LANCE!
Veja imagens de Fluminense 0 x 1 Boavista
Veja imagens de Fluminense 0 x 1 Boavista

O Fluminense conheceu o seu o primeiro revés em 2020. E, ao perder por 1 a 0 para o Boavista, neste sábado, no Maracanã, o Tricolor também perdeu o 100% de aproveitamento no Carioca, a invencibilidade na temporada e a oportunidade de garantir vaga antecipada na semifinal da Taça Guanabara. Poupando alguns jogadores, o Flu jogou mal e viu Caio Dantas marcar para o time de Saquarema, que chegou a 10 pontos no Grupo A. O Tricolor parou nos 12 no B.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

O Fluminense volta a campo na próxima terça-feira, às 21h30, no Maracanã, pela Copa Sul-Americana, contra o Unión La Calera, do Chile. Na última rodada da Taça Guanabara, o Fluminense tem o clássico com o Botafogo, no próximo domingo, às 16h, também no Maraca. No mesmo dia e hora, o Boavista recebe o Volta Redonda.

> Confira a classificação do Campeonato Carioca

De dar sono
O duelo entre as duas melhores equipes da Taça Guanabara acabou não correspondendo as expectativas. Principalmente no primeiro tempo da partida no Maracanã. Foram poucas oportunidades de gol para ambas as equipes. O Fluminense assustou com Gilberto, de cabeça, e Yago, que desperdiçou uma chances na frente do goleiro Klever. Já o Boavista respondeu com um chute de longe de Michel. Mas foi só isso.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também

  • Chelsea rejeita proposta do Barcelona por Willian

  • Com sondagens e fora dos planos, Bruno César deixa futuro nas mãos do Vasco

  • Corinthians não quer Yony Gonzalez incluído na negociação de Pedrinho com o Benfica

  • Histórico de lesões emperra ida do zagueiro Dedé para o futebol chinês

    Flu volta bem, mas...
    Mesmo retornando com o mesmo time após o intervalo, o Tricolor voltou melhor ao campo do Maracanã. A equipe de Odair Hellmann passou a tentar pressionar mais o Boavista e assustou com Matheus Ferraz, de cabeça.

    Mas quem abriu o placar foi o time visitante. Em contra-ataque puxado pela direita, Wellington Silva abriu para Jefferson Renan. O meio-campista passou como quis por Orinho, chegou na linha de fundo e tocou para o meio da área, onde Caio Dantas estava livre para fazer o gol. Pouco depois, o Boavista teve mais duas chances para ampliar no mesmo lance, mas Muriel e Digão salvaram o Fluminense.

    Mudanças e estreia
    Logo após sofrer o gol, Odair Hellmann promoveu a estreia Michel Araújo no time do Fluminense e, pouco depois, colocou Nenê em campo. Assim, o time tricolor voltou a melhorar, mas pouco conseguiu criar. Na única boa oportunidade, após jogada do uruguaio pela direita, Yago pegou mal na bola e mandou por cima do gol, desperdiçando a chance de manter a invencibilidade do Fluminense.

    FICHA TÉCNICA
    FLUMINENSE 0 X 1 BOAVISTA


    Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
    Data: 01 de fevereiro de 2020, às 19h
    Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ) - Nota LANCE!: 6,0 - Controlou bem o jogo e acertou nos cartões.
    Assistentes: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Marcus Vinicius Araújo Brandão (RJ)
    Público/Renda: 9.425 pagantes/10.446 presentes/R$ 237.268,00
    Gramado: Bom.
    Cartão amarelo: Hudson e Yago (FLU), Wellington Silva (BOA)
    Cartão vermelho: -

    Gols: Caio Dantas, 14'/2ºT (0-1)

    FLUMINENSE: Muriel; Gilberto, Matheus Ferraz, Digão e Orinho; Yuri (Matheus Alessandro, 12'/2ºT), Hudson, Yago e Gabriel Capixaba (Michel Araújo, 16'/2ºT); Miguel e Felippe Cardoso (Nenê, 27'/2ºT). Técnico: Odair Hellmann.

    BOAVISTA: Klever; Wellington Silva, Douglas Pedroso, Elivelton e Jean Victor; Fernando Bob, Jefferson Renan e Erick Flores; Tartá (Luís Soares, 32'/2ºT), Michel (Guilherme Costa, 32'/2ºT) e Caio Dantas (Victor Pereira, 45'/2ºT). Técnico: Paulo Bonamigo.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também