Fluminense fala em intensidade desde o começo

O Fluminense vem trabalhando no sentido de esperar muito equilíbrio nos dois confrontos com o Flamengo pelas finais do Campeonato Carioca, que acontecerão nos dois próximos domingos, a partir das 16h(de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). A ideia dos tricolores é tentar impor um ritmo forte desde o começo para evitar surpresas desagradáveis, como um resultado elástico contrário logo no primeiro duelo, o que poderia inviabilizar a reação.

“Temos que viver cada jogo com a intensidade que ele pede. Trata-se de um clássico e por isso mesmo temos que tentar nos impor logo no primeiro jogo, com um trabalho de muita marcação e pressionando o adversário. O Flamengo tem um time muito qualificado e não pode pensar em assumir o controle das ações, o que complicaria o nosso desempenho. Nós precisamos ditar o ritmo” disse o goleiro Diego Cavalieri.

O atacante Henrique Dourado pensa de maneira parecida. “São dois jogos, porém, precisamos viver os dois com intensidade e não acreditar que a definição vai ficar para a segunda partida. Muitas vezes algumas decisões são definidas em um primeiro confronto porque um dos times acaba entrando desligado e não consegue se recuperar depois. Portanto, o Fluminense não pode deixar que isso aconteça. Precisamos atuar como se o campeonato fosse definido agora”, disse o artilheiro.

O lateral-esquerdo Léo Pelé segue a mesma linha de raciocínio. “O Flamengo tem um grande time, assim como o Fluminense e por isso mesmo a tendência é que a competição seja definida no detalhe. Mas esse detalhe pode ser algum momento de falta de concentração e por isso temos que entrar ligados desde o primeiro minuto do primeiro jogo”, disse o defensor.

A definição do time que vai a campo deverá acontecer no treino previsto para a tarde desta sexta-feira. Nesta quinta-feira, os jogadores participaram de um trabalho regenerativo no Centro de Treinamento Antonio Pedro, porém, a atividade não foi aberta para a imprensa.