Fluminense empata com outros três times e se torna a maior vítima de Gabigol com a camisa do Flamengo

·1 minuto de leitura


O Fla-Flu deste sábado, válido pelo jogo de ida da final do Carioca, ficou marcado pelo empate por 1 a 1, pelas chances perdidas pelo Flamengo, pelos desentendimentos fora de campo... e por mais um gol de Gabigol. De pênalti, o atacante abriu o placar da partida e transformou o Fluminense em um de suas vítimas preferidas com a camisa rubro-negra.

+ Qual o seu favorito? Confira a evolução do uniforme 2 do Flamengo no século

Desde que chegou ao Flamengo no início de 2019, esta foi o quinta vez que Gabi marcou diante do Fluminense em 11 partidas disputadas. Assim, o Tricolor se juntou a Grêmio, Palmeiras e Madureira como os times que mais sofreram gols do camisa 9.

Juntando os três gols marcados com a camisa do Santos, Gabigol agora soma oito gols diante do Fluminense - a sua segunda maior vítima na carreira. Apenas o Palmeiras, com 11, já sofreu mais gols do artilheiro.

Maior artilheiro do Flamengo no século XXI e na história da Libertadores, Gabigol atingiu outra marca importante neste sábado. Com mais um pênalti convertido, o atacante agora tem 50 gols marcados no novo Maracanã, ampliando ainda mais a vantagem na lista dos maiores artilheiros do estádio.

+ Flamengo escancara fragilidade na bola aérea defensiva e não faz valer superioridade na final do Carioca

A partida de volta entre Flamengo e Fluminense será próximo sábado, às 21h05 (de Brasília), no Maracanã. Em caso de empate, a decisão vai para os pênaltis. Antes, o Rubro-Negro tem um compromisso pela quinta rodada da Libertadores, quarta-feira, às 21h, contra a LDU, também no Maracanã.