Fluminense deve usar time misto no restante da Taça Rio

O Fluminense já estava assegurado nas semifinais do Campeonato Estadual por ter vencido a Taça Guanabara, primeiro turno. Porém, na noite de domingo, ao fazer 3 a 0 no Macaé, o Tricolor garantiu ainda uma das duas melhores campanhas na classificação geral, que leva em consideração o somatório dos dois turnos. Portanto, terá a vantagem do empate na fase decisiva do torneio.

Leia mais: 

Abel esbanja satisfação com momento do Fluminense na temporada

Fluminense despacha o Macaé e segue na ponta do Grupo C

Justamente por ter conseguido essa vantagem que a Taça Rio deixou de ser atraente para os comandados do técnico Abel Braga, que já pretende utilizar uma formação de reservas nos dois jogos restantes na fase de classificação do segundo turno. O Fluminense encara o Madureira na quarta-feira, às 16h (de Brasília), em Moça Bonita, campo do Bangu. No domingo tem o clássico contra o Flamengo, completamente esvaziado.

O grande problema para o Fluminense, e que levará Abel Baraga a preservar seus titulares, é que na quarta-feira seguinte, dia 5 de abril, o time estreia na Copa Sul-Americana medindo forças com o Liverpool, do Uruguai.

“Nós conseguimos contra o Macaé chegar a uma pontuação que nos garante a vantagem do empate nas semifinais, pois estamos já com uma das duas melhores campanhas. Antes, com a conquista da Taça Guanabara, infelizmente isso não havia sido conseguido, apesar do título. Portanto, tenho condições agora de trabalhar a questão do time nos jogos que restam na Taça Rio. Sabemos que a Copa Sul-Americana está se aproximando e na próxima semana ela começa para nós. Não vamos abrir mão dela, como não estamos abrindo mão de nada nesta temporada, portanto, é preciso saber usar a inteligência”, disse Abel.

O elenco participou de um trabalho regenerativo nesta segunda-feira e volta a trabalhar nesta terça-feira pela manhã, mais uma vez no Centro de Treinamento Antonio Pedor, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A partir desta atividade que Abel deverá começar a definir a escalação. Ele mais uma vez não terá o meia equatoriano Jeferson Orejuela, servindo a sua seleção nas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia.