Fluminense consegue a virada sobre o Athletico em noite de Marcos Paulo: 3 a 1

Bruno Marinho
·1 minuto de leitura

É raro, mas acontece: Nenê desolado, dentro da área adversária, em vez da corrida para comemorar mais um pênalti convertido na carreira. Neste sábado, o camisa 77 perdeu a primeira cobrança desde que chegou ao Fluminense, uma finalização não tão ruim, mas defendida com propriedade por Santos, que por pouco não conseguiu segurar a bola apenas com os dedos da mão esquerda. Coube a Marcos Paulo fazer com que o lance não fizesse falta algo. Com dois belos gols, foi o destaque na virada sobre o Athletico: 3 a 1.

O resultado no Maracanã colocou o time das Laranjeiras na quarta colocação, beneficiado pelo empate entre Santos e Palmeiras, neste sábado. Se o Internacional não vencer o Atlético-MG domingo, é lá que o Tricolor ficará até a próxima rodada.

Léo Cittadini concluiu uma boa trama coletiva dos paranaenses para abrir o placar e colocar pressão sobre o Fluminense, ainda aos 9 minutos da partida.

O empate veio com Nenê, que só escorou para o gol vazio. Com um jogador a mais, o time caminhava para um resultado frustrante no Maracanã até que Marcos Paulo, em dois lances de escanteio, marcou duas vezes e garantiu a vitória.

A próxima partida do Tricolor no Brasileiro será dia 13, o clássico contra o Vasco, em São Januário.