Fluminense arrecada R$ 130 mil com 'ingressos' do Fla-Flu de 95; valor será convertido em cestas básicas


Com mais de 21 mil ingressos simbólicos vendidos, o Fluminense arrecadou quase R$ 130 mil após a ação envolvendo a reprise do Fla-Flu de 1995, no último domingo, na Band. Boa parte dessa quantia foi arrecadada com check-in dos sócios-torcedores, que pagaram R$ 3,50 pelo bilhete. Para os não-sócios, o valor era de R$ 7,00.

A programação do clube ainda contou com uma live na FluTV com Aílton, Cadu e Ronald, integrantes daquela equipe. A ação fez parte da comemoração dos 25 anos do emblemático Gol de Barriga. Com esses R$ 130 mil, o Fluminense irá comprar cestas básicas que serão distribuídas aos funcionários do clube que recebem até quatro salários mínimos.


O clube divulgou números da ação. Veja:

SÓCIO FUTEBOL



- 67% dos 21005 ingressos foram feitos por check-in de sócios;
- Recorde de check-ins realizados por sócios de fora do Estado do Rio;
- Quatro vezes mais novas associações em comparação com a média durante a quarentena;
- Redução de 10% da inadimplência do Sócio Futebol.

REDES SOCIAIS

- No Twitter, a ação gerou 1,8 milhão de impressões orgânicas apenas no domingo, bem acima da média dos últimos 30 dias de 721,5 mil por dia. O número chega perto dos 2,1 e 2,2 milhões alcançados nos dias 5 e 6 de maio, respectivamente, quando as camisas da Umbro foram lançadas;
- No Instagram, a ação gerou cerca de 253 mil interações diretas. Foram mais de 6,5 milhões de impressões e mais de 800 novos seguidores durante esta semana de divulgação e execução.

YOUTUBE

- A transmissão da live com Aílton, Cadu e Ronald, campeões de 1995, rendeu à FluTV 16 mil visualizações, com mais de 2600 horas de exibição total (número de minutos somados em que cada um dos expectadores permaneceram no vídeo), 70 novos inscritos e mais de 86 mil impressões;

LOJA


- Segundo dados da Loja Oficial do Fluminense as vendas no domingo, apenas durante a partida, foram 6x maior do que a média diária.
















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também