Fluminense acerta venda de Gabriel Teixeira para o Al Wasl por quase R$ 11 milhões

·2 min de leitura
Gabriel Teixeira foi vendido pelo Fluminense para clube dos Emirados Árabes (Foto: Mailson Santana / Fluminense FC)


Depois de recusar a primeira oferta, o Fluminense acertou, nesta quinta-feira, a venda do meia-atacante Gabriel Teixeira ao Al-Wasl, dos Emirados Árabes. Após contraproposta, o clube de Odair Hellmann vai desembolsar cerca de 2 milhões de dólares (aproximadamente de R$ 10,8 milhões na cotação atual) pelo jovem de 20 anos.

> Veja a numeração fixa do Fluminense para a temporada

Ainda não é assinante do Cariocão-2022? Acesse www.cariocaoplay.com.br, preencha o cadastro e ganhe 5% de desconto com o cupom especial do LANCE!: GE-JK-FF-ZSW

A informação foi dada incialmente pelo “ge” e confirmada pelo LANCE!, que apurou que a venda foi de 60% dos direitos do jogador e o Tricolor manteve 40%. Biel deve viajar já nesta sexta-feira e, caso seja aprovado nos exames médicos, assina por cinco temporadas. A oferta anterior era de 750 mil (pouco mais de R$ 4 milhões), valor considerado muito baixo pelo Tricolor. O contrato com o Flu era até o final de 2025.

Biel sequer foi relacionado para a estreia do Fluminense na temporada, nesta quinta-feira, contra o Bangu, pelo Campeonato Carioca. Ele estreou no profissional na última temporada e chegou a ganhar a vaga de titular ainda com Roger Machado, mas a oscilação e as lesões atrapalharam a sequência.

> Veja e simule a tabela do Cariocão


Aos 20 anos, Gabriel Teixeira fez 44 jogos na temporada 2021, sendo 26 como titular, e marcou cinco gols. Ele também deu uma assistência. Por conta da parte física, iniciou a pré-temporada fazendo trabalhos específicos para fortalecimento e ficou fora dos dois jogos-treino realizados no CT Carlos Castilho.

Uma das joias formadas em Xerém nos últimos anos, Biel era visto como um bom potencial de venda. Com forte concorrência no ataque, Gabriel Teixeira não seria titular de Abel Braga nesse primeiro momento do ano. Como o Flu precisava vender e o jogador quer mais espaço, a saída acabou sendo boa para os dois lados. Na atual temporada nos Emirados Árabes, jogadores que nasceram até 2001 não ocupam vaga de estrangeiro. A cota já estava preenchida no Al-Wasl, mas a regra se mostrou boa oportunidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos