Fluminense é condenado na Fifa e faz acordo com Del Valle por dívidas pela compra de Sornoza e Orejuela


O Fluminense foi condenado no tribunal da Fifa por dívidas referentes ao pagamento pelas compras de Sornoja e Orejuela, junto ao Independiente del Valle, do Equador, feitas em 2016. No entanto, a diretoria do Tricolor fez um acordo com o clube estrangeiro e realizará o pagamento de, aproximadamente, R$ 16,85 milhões mais juros (com a conversão de moedas nas cotações atuais), de forma parcelada. As informações foram divulgadas pelo "NetFlu" e o site do "Globo Esporte".

Os prazos para os pagamentos são entre 30 e 45 dias a partir das notificações, recebidas no início de março. O descumprimento desse pagamento pode levar a punições pesadas, como a impossibilidade de registrar jogadores e até a perda de pontos.

O Fluminense foi condenado três vezes pela Fifa: duas relativas ao meio-campista Sornoza (parcelas não pagas e o não repasse de valor referente à venda do jogador ao Corinthians, no início de 2019), que hoje atua pela LDU, e uma sobre o volante Orejuela (parcelas não pagas), atualmente no Querétaro, do México.

A decisão da entidade máxima do futebol será a garantia do Del Valle para o cumprimento do acordo entre os clubes, que definiu o pagamento da dívida parcelada até o fim de 2020. Assim, o valor total, com juros e correções no parcelamento, será de cerca de R$ 19 milhões.

A diretoria do Fluminense já encaminhou o novo acordo ao Del Valle e espera a ratificação dos equatorianos. O acordo entre os clubes foi alcançado no fim de fevereiro, quando o Del Valle veio ao Rio de Janeiro para enfrentar o Flamengo, pela Recopa Sul-Americana.

Os dois jogadores chegaram ao Fluminense após se destacarem pelo Independiente del Valle na Copa Libertadores de 2016, quando o time equatoriano ficou com o vice-campeonato. Na época, o Tricolor pagou cerca de US$ 1,8 milhões por cada um (R$ 8 milhões na cotação atual). Sornoza disputou 98 jogos pelo Fluminense e balançou as redes 10 vezes, enquanto Orejuela vestiu a camisa do Tricolor em campo 48 vezes.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também