Flu sofre dois gols de atacante veterano e fica no empate com Madureira

BRUNO BRAZ

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Um velho conhecido do torcedor tricolor acabou sendo o algoz do Fluminense na tarde desta quarta-feira (29) no estádio de Moça Bonita (RJ). Com dois gols, o veterano atacante Julio César, ex-jogador do clube, do Figueirense, do Coritiba, entre outros, ajudou o Madureira a sair com o empate em 2 a 2.

Apesar do tropeço, o Fluminense segue tranquilo na liderança do Grupo C da Taça Rio e já está classificado para as semifinais do Campeonato Carioca com a vantagem do empate por ter sido campeão da Taça Guanabara.

O JOGO

O primeiro gol marcado por Julio César, ainda aos 6 minutos do primeiro tempo, foi em impedimento, algo que deixou o técnico Abel Braga bastante furioso.

Aos 31 minutos do primeiro tempo, o goleiro Rafael Santos brilhou intensamente em Moça Bonita. Primeiro num chute no cantinho de Wellington Silva, onde deu rebote para Lucas. O lateral direito, então, ficou livre e parecia que só precisava escorar para o gol, mas foi quando o arqueiro se recuperou e, num salto elástico, executou a segunda defesa de maneira fantástica.

Já aos 41 da etapa final ele novamente salvou o Madureira ao espalmar bola venenosa em falta cobrada por Marcos Júnior.

"Fico feliz pelas defesas. É sempre uma grande dificuldade enfrentar jogadores de alto nível. Os goleiros são sempre os últimos a sair de campo, então fico ainda mais feliz pelo esforço recompensado", disse Rafael Santos ao Sportv.

Um minuto após sofrer o primeiro gol de Júlio César, o Fluminense quase chegou ao empate após uma investida de Léo Pelé na esquerda em que Richarlison, no rebote, chutou na trave direita do Madureira.

MADUREIRA

Rafael Santos, Arlen, Alex Moraes, Jorge Fellipe e Douglas Lima (Wellington Saci); William, Rezende, Kevin e Luciano Naninho (Walney); Geovane Maranhão (Mazza) e Julio Cesar. T.: PC Gusmão

FLUMINENSE

Júlio César, Lucas, Nogueira, Henrique e Léo Pelé; Luiz Fernando, Marquinho (Marcos Júnior) e Sornoza; Wellington Silva (Maranhão), Pedro e Richarlison (Lucas Fernandes). T: Abel Braga

Estádio: Moça Bonita, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique

Cartões amarelos: Jorge Fellipe, Douglas Lima (MAD); Nogueira, Marquinho, Wellington Silva (FLU)

Cartões vermelhos: Nenhum

Gols: Julio Cesar, aos 6 minutos do primeiro tempo (MAD); Pedro, aos 13 minutos do segundo tempo (FLU); Nogueira, aos 16 minutos do segundo tempo (FLU); Julio César, aos 22 minutos do segundo tempo (MAD);