Flu aguarda liberação de Henrique e Egídio para finalizar as negociações

João Vítor Castanheira e Joel Silva
LANCE!
Henrique e Egídio vão agregar experiência ao elenco tricolor (Fotos: Vinnicius Silva/Cruzeiro; Bruno Haddad/Cruzeiro)
Henrique e Egídio vão agregar experiência ao elenco tricolor (Fotos: Vinnicius Silva/Cruzeiro; Bruno Haddad/Cruzeiro)


Após deixar encaminhado as contratações de Felippe Cardoso, Yago Felipe e Caio Paulista, o Fluminense se aproxima do acerto com o Henrique e Egídio. O volante, que possui uma longa trajetória no Cruzeiro, vai renovar com o clube até o fim de 2021, ano do centenário da Raposa, e vai ser cedido por empréstimo ao Tricolor. Os salários serão divididos, porém o clube carioca vai arcar com 70% dos vencimentos. O lateral-esquerdo vai rescindir e também fecha até dezembro.

Os experientes jogadores vão preencher lacunas importantes do elenco tricolor. Henrique, de 34 anos, chega para suprir as saídas de Airton e Caio. O primeiro deixou o clube após o término do vínculo, que ocorreu no fim do ano passado. Já o segundo foi emprestado ao Atlético-GO até o fim da temporada atual. A princípio, brigaria por posição.

Já Egídio, que tem 33 anos, ganha status de titular, uma vez que Caio Henrique não vai permanecer no Tricolor. Orinho e Mascarenhas são as outras opções para a lateral-esquerda. O Fluminense tinha como alvos para a posição Dodô, que também defendeu o Cruzeiro em 2019 e pertence a Sampdoria até o meio do ano, e Guilherme Arana, atualmente no Atalanta, emprestado pelo Sevilla. No entanto, ambas as negociações são consideradas difíceis, principalmente pelo alto salário desses jogadores.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também