Flamengo volta ao Rio de Janeiro e grupo protesta, cobra e solta rojões

LANCE!
·1 minuto de leitura


Após a derrota para o Atlético-MG, por 4 a 0 em Belo Horizonte, a delegação do Flamengo retornou ao Rio de Janeiro sob protesto da torcida no aeroporto do Galeão. Apesar de ter deixado o local por uma área exclusiva, comissão técnica, jogadores e diretoria ouviram os xingamentos dos cerca de 30 torcedores presentes - que tinham como alvo principal o treinador Domènec Torrent. Até mesmo um rojão foi solto no local, mas não houve feridos ou outro confronto.

As informações e as imagens foram publicadas pelo site "Urubu Interativo". Na Gávea, os muros foram pichados com pedidos pela demissão do treinador.

O Flamengo chegou ao Rio de Janeiro nas primeiras horas de segunda. Ainda nesta tarde, o grupo se reapresenta no Ninho do Urubu e, pressionados, inicia a preparação para o jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, onde receberá o São Paulo no Estádio do Maracanã, às 21h30 de quarta-feira.