Flamengo vai ao STJD com pedido de paralisação do Brasileiro durante a Copa América

·2 minuto de leitura

Com jogadores convocados para as seleções de Brasil, Uruguai, Chile e Paraguai para a disputa da Copa América, que começa no próximo domingo, o Flamengo deseja a paralisação do Campeonato Brasileiro durante a competição. Vice-presidente jurídico do clube, Rodrigo Dunshee de Abranches disse que o Rubro-Negro foi até o STJD para tentar a interrupção do torneio.

Após a vitória sobre o Coritiba, na quinta-feira, o dirigente usou sua conta no Twitter para dizer que o clube está entrando com um pedido na Justiça Desportiva. Com cinco jogadores convocados ao todo, o Flamengo entende que o Campeonato Brasileiro deva ser paralisado como ocorreu em 2019, na última edição da Copa América.

Leia também:

- A CBF precisa promover o equilíbrio das competições. A base da competição é a isonomia entre os concorrentes e isso está no artigo primeiro do regulamento. Somos a favor da Seleção, mas com paralisação do campeonato. O mundo civilizado funciona assim - disse.

- Não podemos prosseguir sacrificando as competições nacionais e os clubes para fazer frente às seleções. Não dá para retroceder. Por conta desse desequilíbrio, o Flamengo se socorreu ao STJD, para que, como em 2019, seja paralisado o campeonato durante a Copa América - completou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Caso a competição não seja paralisada, o Flamengo só terá jogadores de volta a partir do dia 28 de junho, quando se encerra a primeira fase da Copa América. A final, entretanto, está marcada para o dia 10 de julho. Os jogadores que desfalcarão o Flamengo no período são: Gabigol e Everton Ribeiro (Brasil), Isla (Chile), Piris da Motta (Paraguai) e Arrascaeta (Uruguai).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos