Flamengo, Thuler e Montpellier: um bom negócio para todos os envolvidos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O zagueiro Matheus Thuler, do Flamengo, deixou o Brasil na última segunda-feira (7) rumo à França, onde vai defender o Montpellier. Aos 22 anos, a Cria do Ninho foi emprestada pelo Mais Querido por 18 meses ao MHSC, que desembolsou R$ 1,2 milhão no primeiro trimestre do ano para contar com o defensor. Em contrato, os clubes também definiram uma opção de compra.

Caso opte por adquirir Thuler em definitivo, o Montpellier vai pagar 2,5 milhões de euros (R$ 15,3 milhões, na conversão atual) ao Flamengo. O valor do empréstimo, caso o clube francês exerça a compra do zagueiro, vai ser descontado do montante total da transferência, segundo informações do jornalista Venê Casagrande.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A negociação é boa para todos. Destaque da base do Flamengo, Matheus Thuler sempre foi muito bem avaliado no Ninho do Urubu, mas nunca conseguiu despontar no profissional. Ao todo, de 2017 até hoje, ele disputou apenas 42 partidas, surgindo quase sempre como uma opção. A situação só piorou do ano passado para cá, com o zagueiro sendo totalmente escanteado.

Neste contexto, o zagueiro também precisa de uma mudança de ares. Sem espaço, mas com potencial, Thuler não pode ficar sem jogar. Com apenas 22 anos, ele tem margem para evolução, mas para isso precisa estar jogando, o que tem tudo para acontecer na França. O Montpellier, por sua vez, contratou um bom defensor.

O Flamengo também se deu bem. Com a pandemia do novo coronavírus, o Rubro-Negro precisa negociar jogadores para manter os cofres saudáveis e se desfazer de atletas (e custos) pouco utilizados é uma ótima alternativa.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos