Flamengo tem time de especialistas em bola parada e pode usar arma contra o Botafogo

Ao contrário do que vinha acontecendo nas últimas temporadas, o Flamengo encontrou na bola parada uma forte arma este ano. Se Diego era o dono das cobranças de falta, Paolo Guerrero e Lucas Paquetá se arriscaram e também tiveram sucesso. Mas os especialistas do elenco Rubro-Negro vão muito além desses três nomes citados.

No final da Taça Guanabara, Guerrero foi certeiro ao decretar o empate do time Rubro-Negro em uma cobrança primorosa no final da partida levando o jogo para a disputa de pênaltis. No jogo seguinte, no mesmo lado do campo, Diego relembrou os tempos de Zico e fez a torcida ir ao delírio ao balançar as redes, de falta, e abrir o placar contra o San Lorenzo, na estreia da Copa Libertadores da América.

Diego Ribas Willian Arao Flamengo San Lorenzo Libertadores 08032017

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Seguindo os companheiros, o jovem Lucas Paquetá também deixou o seu, contra a Portuguesa, numa bela cobrança já aos 47 do segundo tempo sacramentando a goleada pela Taça Rio. Outra prata da casa especialista no quesito é Matheus Sávio, ele, inclusive, já balançou as redes cobrando falta contra o Bonsucesso em 2015. Na seleção sub-20 e na base Rubro-Negra ele têm um desempenho bastante positivo na bola parada.

O mais curioso é que além desses quatro jogadores, o Flamengo tem mais uma lista de atletas que batem faltas, Rafael Vaz, por exemplo, apesar de ainda não ter balançado as redes é um dos melhores durante os treinos neste quesito. Outro defensor que acostumado a balançar as redes em cobranças de falta é Alejando Donatti, que vem sendo titular na vaga de Vaz.

Mancuello, que era o dono da bola parada do time antes da chegada de Diego é outro que se arrisca nas cobranças e já até balançou as redes desta forma. Éderson, que vive a expectativa de voltar a ser relacionado depois de nove meses afastado dos gramados, também pode assumir essa responsabilidade. E para completar o time de especialistas, Dário Conca, que se recupera de lesão e deve reforçar o Flamengo a partir de junho, é certeiro em suas cobranças. 

Conca treino Flamengo 14 04 2017

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Com tantos jogadores no elenco afiados, as bolas paradas podem ser uma ótima estratégia do time Rubro-Negro na reta final do Campeonato Carioca e na Copa Libertadores da América. Sem Diego, o batedor número 1 e responsável por organizar o meio-campo, Zé Ricardo pode achar nesses lances grandes oportunidades de colocar o Flamengo em vantagem nos jogos.

No treino desta quinta-feira no Ninho do Urubu, Paolo Guerrero fez questão de mostrar que a pontaria está em dia e deu show numa sequência impressionante de cobranças com sucesso. Se tiver a oportunidade contra o Botafogo, sem dúvida o peruano vai assumir essa responsabilidade. Mas com tantos jogadores aptos, quem terminará o ano com mais gols de falta no Flamengo? A conferir!