Flamengo tem sua maior média de gols na década e mira melhor marca do século

André Schmidt
LANCE!
Gabigol é o artilheiro do ano no Brasil (Alexandre Vidal/Flamengo)
Gabigol é o artilheiro do ano no Brasil (Alexandre Vidal/Flamengo)


As chegadas de Pablo Marí, Filipe Luís e Rafinha no meio do ano equilibraram o time do Flamengo e fizeram do elenco rubro-negro um dos mais fortes do futebol brasileiro e da América do Sul. O setor ofensivo, no entanto, segue sendo a grande arma da equipe para alcançar o sucesso em 2019.

Com os três gols marcados sobre o Ceará - vitória por 3 a 0 - , no fim de semana, incluindo a pintura de Arrascaeta, de bicicleta, o Flamengo alcançou a média de 1,89 bolas na rede por jogo. São 87 tentos em 46 partidas oficiais em 2019, o maior volume e a melhor média entre todos os 20 clubes da Série A.

O rendimento já é o melhor da equipe nesta década - em média de gols -, superando o desempenho obtido em 2017, quando marcou 135 vezes em 83 confrontos - 1,62 g/j. E já se aproxima também de quebrar o recorde deste século, que é de 1,90 gols por duelo, alcançado em 2008, num time que tinha Marcinho, Obina, Marcelinho Paraíba, Diego Tardelli, Ibson e Leonardo Moura. Na ocasião, foram 126 gols em 66 partidas no ano, conquistando o Carioca e ficando em 5º no Campeonato Brasileiro.



Agora, com Gabigol liderando a artilharia do ano no Brasil, Bruno Henrique em terceiro, Arrascaeta em grande fase e Éverton Ribeiro e Gérson comandando o meio-campo, o Flamengo tem tudo para impôr um novo recorde na história recente do clube. E, certamente, brigar por novos títulos, como já vem fazendo.

MÉDIA DE GOLS DO FLAMENGO NO SÉCULO

2001 - 112 gols em 75 jogos - 1,49 g/j
2002 - 123 gols em 76 jogos - 1,61 g/j
2003 - 109 gols em 72 jogos - 1,51 g/j
2004 - 105 gols em 76 jogos - 1,38 g/j
2005 - 80 gols em 60 jogos - 1,33 g/j
2006 - 87 gols em 61 jogos - 1,42 g/j
2007 - 95 gols em 62 jogos - 1,53 g/j
2008 - 126 gols em 66 jogos - 1,90 g/j
2009 - 108 gols em 66 jogos - 1,63 g/j
2010 - 104 gols em 66 jogos - 1,57 g/j
2011 - 104 gols em 67 jogos - 1,55 g/j
2012 - 84 gols em 63 jogos - 1,33 g/j
2013 - 97 gols em 68 jogos - 1,42 g/j
2014 - 108 gols em 69 jogos - 1,56 g/j
2015 - 86 gols em 62 jogos - 1,38 g/j
2016 - 97 gols em 66 jogos - 1,46 g/j
2017 - 135 gols em 83 jogos - 1,62 g/j
2018 - 94 gols em 67 jogos - 1,40 g/j
2019 - 87 gols em 46 jogos - 1,89 g/j





















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também