Flamengo tem a intenção de aderir projeto de compra de vacinas contra a Covid-19

LANCE!
·1 minuto de leitura


O Flamengo tem a intenção de aderir ao projeto de compras de vacinas contra a Covid-19 pela iniciativa privada, cujo texto foi aprovado nesta semana pela Câmara dos Deputados. A informação foi confirmada pelo presidente do clube, Rodolfo Landim, ao jornal "O Globo".

Após a aprovação do Projeto de Lei 948/21 pela Câmara, nesta quarta, restam a análise e aprovado do Senado Federal e a sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Oficialmente, o Flamengo ainda não se posicionou sobre o assunto ou deu detalhes do planejamento, diferentemente do Athletico.

Nesta quinta-feira, o Athletico publicou uma nota oficial a respeito do tema, afirando que "pretende entrar no grupo de empresas que está liderando este movimento para compras das vacinas com intuito de auxiliar a vacinação em massa da população brasileira."

De acordo com a direção, o clube buscará comprar vacinas "para todos os seus funcionários, atletas, comissões técnicas e também para todos os Sócios Furacão que estão colaborando com o pagamento de suas mensalidades na pandemia, mesmo sem poder ir ao estádio."