Flamengo tem duas pessoas com suspeita de coronavírus; vice viajou com presidente

Goal.com

Um funcionário do Flamengo testou positivo para o coronavírus Covid-19 e outro está com suspeitas. Anyelli Silva e Maurício Gomes de Mattos já estão afastados de suas atividades no clube. Esse foi o primeiro caso da doença ligado a um time do futebol brasileiro.

Anyelli trabalha no marketing do clube, principalmente em ações ligadas aos sócios-torcedores. Em dias de jogos, ela faz a recepção dos torcedores que vão ao Maracanã. Ela já foi atendida no Hospital Miguel Couto, na Gávea, e está em sua casa, onde aguarda o resultado do exame.

Já Mattos é vice-presidente de Embaixadas e Consulados. Ele esteve na comitiva do presidente Rodolfo Landim que viajou recentemente à Espanha, onde foi na Cuidad Real Madrid. O time espanhol registrou um caso de um jogador da equipe de basquete, que treina no local visitado pelos flamenguistas. Mattos tstou positivo para a doença e está internado em Brasília. Segundo informações ele passa bem.

Por enquanto, os jogos do Flamengo no Campeonato Carioca estão mantidos. Apenas a partida do meio da semana, contra o Independiente del Valle, foi adiada por decisão da Conmebol. Todos os jogos da terceira rodada da fase de grupos da Libertadores foram postergados, medida tomada para prevenção de contaminação.

O Flamengo não se pronunciou sobre as possíveis contaminações de seus funcionários.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também