Flamengo sem Arrascaeta ataca menos, mas vence mais no Brasileirão

O uruguaio sentiu uma entorse no joelho e não vai enfrentar o Botafogo, no estádio Nilton Santos
O uruguaio sentiu uma entorse no joelho e não vai enfrentar o Botafogo, no estádio Nilton Santos

Líder de assistências do Flamengo neste Brasileirão (9), Giorgian De Arrascaeta é desfalque de última hora para o clássico contra o Botafogo, nesta quinta-feira (07), pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O uruguaio sentiu uma entorse leve no joelho, durante treinamento na última quarta-feira. Apesar de tirar o camisa 14 do jogo marcado para o Nilton Santos, o departamento médico rubro-negro afirma que o problema não tem nada a ver com a artroscopia pela qual Arrascaeta passou no início de outubro.

De qualquer forma, é um grande nome a menos para o time treinado por Jorge Jesus – que busca manter a vantagem de oito pontos em relação ao Palmeiras, que diminuiu a margem para cinco ao bater o Vasco em São Januário.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Além de fazer a sua melhor campanha em Brasileirões e ter dado nove assistências, Arrascaeta só não fez mais gols do que Gabigol (20) e Bruno Henrique (15): soma 11 tentos em seu nome.

Em um primeiro momento, a notícia parece ser ruim para o Flamengo. De fato, nos 13 jogos em que Arrascaeta não esteve em campo neste Brasileirão o ataque rubro-negro não foi tão prolífico quanto de costume.

Contudo, a curiosidade é que o time ganhou mais jogos, em média, sem o camisa 14: Arrascaeta comemorou 12 vitórias nos 17 jogos em que entrou em campo e, sem o uruguaio, o Flamengo somou 10 triunfos em 13 ocasiões. Ou seja: tem média de vitória maior sem o uruguaio (76.9%) do que com ele (70.6%).

Mas é preciso contextualizar estas ausências de Arrascaeta. Não é que o Flamengo jogue melhor ou seja mais ameaçador sem o uruguaio – pelo contrário.

A questão é que Jorge Jesus conseguiu recuperar jogadores que subiram de nível para conseguirem contribuir para o conjunto. Vitinho, justamente um ex-jogador do Botafogo, é o principal exemplo. Apesar dos valores individuais, a força do Flamengo está em seu elenco.

No período de outubro, que marcou o tempo em que Arrascaeta se recuperava da artroscopia no joelho, Vitinho foi quem mais vezes substituiu o uruguaio e teve suas melhores exibições pelo Rubro-Negro.

Vitinho ou Diego são as duas principais opções de Jorge Jesus para substituir Arrascaeta no clássico marcado para às 20h.

Jogos sem Arrascaeta no Brasileirão 2019

  • São Paulo 1x1 Flamengo – 3ª rodada

  • Flamengo 2x1 Chapecoense – 4ª rodada

  • Flamengo 3x2 Athletico – 6ª rodada

  • Fluminense 0x0 Flamengo – 8ª rodada

  • CSA 0x2 Flamengo – 9ª rodada

  • Corinthians 1x1 Flamengo – 11ª rodada

  • Flamengo 3x2 Botafogo – 12ª rodada

  • Avaí 0x3 Flamengo – 18ª rodada

  • Chapecoense 0x1 Flamengo – 23ª rodada

  • Flamengo 3x1 Atlético Mineiro – 24ª rodada

  • Athletico 0x2 Flamengo – 25ª rodada

  • Fortaleza 1x2 Flamengo – 26ª rodada

  • Flamengo 2x0 Fluminense – 27ª rodada

Leia também