Flamengo se reapresenta para jogo da Libertadores e segue com Rodrigo Caio como desfalque

Lazlo Dalfovo
·2 minuto de leitura


Sem tempo para descanso. Às 10h deste domingo, o Flamengo se reapresentou no Ninho do Urubu, horas depois de levantar a Taça Guanabara, conquistada pela 23ª vez em sua história e com triunfo sobre o Volta Redonda. Os titulares realizaram treinos tático e técnico no gramado, inclusive, já visando o jogo de terça-feira, pela Libertadores, em que Rodrigo Caio seguirá como baixa.

Rodrigo Caio permanece com o tratamento na parte interna do CT. Embora não tenha tido uma nova lesão na coxa direita constatada, o zagueiro foi assolado por "uma grande fibrose no local".

Rogério Ceni sabe que o sistema defensivo do Flamengo, que tem sofrido sobretudo nas bolas aéreas, é o atual Calcanhar de Aquiles do time. Após o jogo contra o Voltaço, o técnico comentou sobre o setor:

- Honestamente eu sempre falo que o sistema é muito mais importante que os próprios atletas. Temos ótimos jogadores na posição. O Rodrigo Caio fez exame e não constatou lesão. Acho que volta rápido. O Arão vem jogando nessa função. O Bruno e o Gustavo. Hoje o Léo também retornou. Vamos formar a zaga sempre com o que temos de melhor. Mas é necessário ser protegida por todos os outros.

Ceni não confirmou a dupla, mas Willian Arão deve retornar à função e retomar a parceria com Gustavo Henrique para esta terça. Essa tem sido a zaga sem Rodrigo Caio, que só atuou em três jogos nesta temporada e que, em apenas em um (contra o Palmeiras, pela Supercopa do Brasil), jogou os 90 minutos.

O time do Fla para receber o Unión La Calera-CHI deve ser o mesmo da estreia no torneio, ou seja: Diego Alves; Isla, Arão, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Diego, Gerson, Arrascaeta e Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol.

+ Confira a tabela completa da Libertadores

O duelo entre Flamengo e La Calera será às 19h15 desta terça, no Maracanã, e válido pela segunda rodada do Grupo G da Libertadores. O LANCE! transmitirá em Tempo Real.