Flamengo repudia violência sofrida por torcedor nordestino em Fortaleza: 'É revoltante que isso ainda aconteça'

·1 minuto de leitura


A hashtag #NordesteRubroNegro passou a ganhar eco neste domingo, no Twitter, horas depois de membros de uma torcida organizada do Fortaleza terem sido flagrados agredindo um torcedor nordestino do Flamengo no último sábado, dia do embate entre as equipes pelo Brasileiro, no Castelão. Vídeos circularam nas redes sociais, e o Rubro-Negro repudiou o ato.

Na tarde deste domingo, o Flamengo, que venceu o Leão do Pici por 3 a 0, se manifestou da seguinte forma:

- O Clube de Regatas do Flamengo repudia qualquer tipo de violência. É revoltante que isso ainda aconteça nos dias de hoje. Esperamos que todos os envolvidos na agressão ao torcedor rubro-negro, ontem, em Fortaleza, sejam punidos. Aos rubro-negros do Nordeste, todo o nosso apoio.

O torcedor do Flamengo agredido, de 23 anos, estava com a camisa do clube carioca. Ainda ontem, a Polícia Militar do Ceará (PMCE) informou que uma equipe da 3ª Companhia do 6º Batalhão Policial Militar foi acionada para atuar na ocorrência, ocorrida no bairro Benfica, na capital cearense.

> Fla joga na quarta! Veja a tabela do Brasileirão

Mais cedo, Diego Alves, desfalque no jogo de ontem por conta de um trauma no pé direito, fez uma postagem em defesa aos rubro-negros nordestinos:

- Nordestino tem time para torcer. O que ele quiser! #NordesteRubro-Negro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos