Flamengo pedala rumo ao topo do Ranking de Desempenho do Brasileirão

Yahoo Esportes
Arrascaeta foi o autor do gol mais bonito da rodada.
Arrascaeta foi o autor do gol mais bonito da rodada.

Por Rodrigo Coutinho (@RodrigoCout)

O Flamengo segue evoluindo como equipe e crescendo no Ranking de Desempenho Yahoo Esportes. Se ainda não ocupa a ponta, fruto dos jogos ruins que fez no início da competição, já se aproxima de forma contundente de Santos e Palmeiras, adversários também na tabela de classificação. O Bahia foi outro a subir bastante na rodada, empatou com o Internacional em número de estrelas. O Botafogo voltou a cair um pouco depois de duas rodadas consecutivas jogando mal.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Ranking de desempenho - Campeonato Brasileiro 2019
Ranking de desempenho - Campeonato Brasileiro 2019

O Yahoo Esportes acompanha todos os jogos e traz uma espécie de “prova real’’. Cada equipe recebe uma avaliação de 0 a 5 estrelas por partida de acordo com seu. Esses pontos se acumulam e formam o ranking acima. Confira agora como foi cada um dos nove jogos da rodada. Palmeiras x Fluminense foi adiado.

Leia também:

Atlético-MG 0 x 1 Bahia
Atlético-MG 0 x 1 Bahia

Um bom jogo para abrir a rodada, sábado pela manhã no Independência. O Atlético perdeu sua invencibilidade no estádio em 2019. Mesmo com o time reserva, não fez um jogo ruim. Criou uma série de oportunidades no 1º tempo, teve intensidade com a bola e movimentação, mas pecou nas finalizações e esbarrou em Douglas, em grande atuação. O Galo oscilou defensivamente e o Bahia foi muito preciso nas poucas chances que teve. O Tricolor novamente apresentou um bom desempenho para marcar e sair em contra-ataque.

Grêmio 2 x 1 Athletico-PR
Grêmio 2 x 1 Athletico-PR

Mais uma bela partida no sábado aconteceu em Porto Alegre, na Arena do Grêmio. O Tricolor venceu o Athletico Paranaense por 2x1 de forma merecida, sobretudo porque foi mais eficiente nas duas áreas. No ataque, precisou de poucas chances claras para abrir vantagem no placar. E na defesa, foi bem mais eficiente que o Furacão. O time rubro-negro foi superior nos últimos 15 minutos do 1º tempo, mas na segunda etapa foi perdendo força ofensiva e só não sofreu o terceiro em função da boa atuação de Santos. O Imortal fez um gol bem cedo e isso condicionou uma postura mais baseada em contra-ataques.

Vasco 2 x 0 São Paulo
Vasco 2 x 0 São Paulo

A melhor atuação do Vasco até aqui no Brasileirão! Quebrou com méritos a invencibilidade do São Paulo pós-Copa América. O jogo só saiu do controle do Cruzmaltino nos últimos dez minutos da 1ª etapa. O Tricolor perdeu Raniel expulso ainda aos 35 minutos, mas o time carioca já era superior. Marcou muito forte, impediu a circulação da bola por parte do adversário e foi muito direto para atacar. Contou com grande atuação de Talles Magno e levou muito perigo em contra-ataques. O São Paulo não conseguiu ser eficiente no ataque e perdeu intensidade sem a bola no 2º tempo.

Santos 3 x 3 Fortaleza
Santos 3 x 3 Fortaleza

O Santos pagou caro por perder tanta intensidade e concentração no 2º tempo. Depois de 45 minutos iniciais avassaladores, viu o Fortaleza marcar três gols e buscar um improvável empate, resultado que tirou do Peixe a liderança da Série A. Grande atuação de Jorge, um dos poucos a manter o ritmo e a dedicação ao longo dos 90 minutos. Comandou os muitos ataques do alvinegro a partir de seus passes iniciais, sempre alinhado aos zagueiros, e fazendo o time jogar sob os já conhecidos conceitos de Sampaoli. Na 2ª etapa, o Fortaleza seguiu sendo uma equipe corajosa para atacar e, por mais que mantivesse seus problemas defensivos, conseguiu a façanha dentro da Vila Belmiro.

Goiás 2 x 1 Internacional
Goiás 2 x 1 Internacional

Novamente com o time reserva no Brasileirão, o Internacional perdeu mais um jogo na competição. Desta vez para o Goiás, no Serra Dourada, que teve um a menos durante mais de 70 minutos de jogo. O 1º tempo foi todo do Colorado. Baseado em uma estratégia reativa, conseguiu anular as ações ofensivas do Esmeraldino e abriu o placar no início. Em superioridade numérica em campo, pouco foi ameaçado. Na volta para o 2º tempo, o time da casa conseguiu encaixar o seu jogo ofensivo e equilibrou tudo. Naturalmente se abriu e o Colorado perdeu grandes chances, mas o Goiás foi mais eficiente nas finalizações e venceu de forma contundente de virada.

Ceará 0 x 3 Flamengo
Ceará 0 x 3 Flamengo

Partida madura do Flamengo. Triunfo que deu a liderança do Campeonato Brasileiro e aproximou a equipe da ponta do Ranking de Desempenho. O Ceará foi muito agressivo no início e conseguiu ser superior até os 20 minutos, quando levou um gol em jogada bem ensaiada de lateral do rubro-negro. Perdeu ímpeto e intensidade, viu o adversário crescer e dominar com mais ciência do que fazer em campo. Levou o segundo nesse embalo. Até fez pressão na segunda etapa, mas muito na base do ‘’abafa’’, sem tanta organização. O rubro-negro ainda ampliou em contra-ataque numa pintura de De Arrascaeta no fim.

Avaí 1 x 1 Corinthians
Avaí 1 x 1 Corinthians

Confronto muito desinteressante na Ressacada. O Avaí, apesar de ter tido uma postura mais ofensiva que o Corinthians, segue sem vencer no Brasileirão e apresentou problemas coletivos na hora de criar chances. O Timão novamente teve uma postura pouco agressiva fora de casa. Pareceu confortável em empatar com o Avaí, não se expôs. Defensivamente o time paulista foi mais organizado. Nem com uma expulsão de cada lado as equipes conseguiram criar mais.

CSA 1 x 1 Cruzeiro
CSA 1 x 1 Cruzeiro

Dois tempos distintos no Rei Pelé. Enquanto o Cruzeiro foi bem superior na 1ª etapa, o CSA conseguiu ser uma equipe mais agressiva nos 45 minutos finais. Argel fez substituições que levaram o time da casa ao ataque e empurrou a Raposa pra trás. A equipe celeste parece ter sentido fisicamente a partida. Perdeu muito do controle da posse que tinha com a saída de Robinho, e desperdiçou chances importantes no período que foi superior. O Azulão do Mutange pressionou na base do ímpeto, sem tanto padrão ofensivo, mas conquistou o empate no fim.

Botafogo 0 x 0 Chapecoense
Botafogo 0 x 0 Chapecoense

Jogo de nível muito baixo para encerrar a rodada no Nilton Santos. O Botafogo teve naturalmente mais a bola, buscou propor o jogo, mas repetiu as limitações de movimentação ofensiva e ganho de profundidade. A Chapecoense se fechou bem, buscou jogar em contra-ataques e até levou certo perigo em alguns momentos, mas sem tanta contundência. A partida ficou truncada em boa parte do tempo.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também