Flamengo oscila, mas vence duelo inédito contra o Cuiabá e salta na tabela do Brasileirão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Para encerrar a 8ª rodada do Campeonato Brasileiro, nesta quinta-feira, Flamengo e Cuiabá mediram forças no primeiro duelo entre ambos na história. E deu um oscilante Rubro-Negro na Arena Pantanal, recuperando-se do revés do último fim de semana. Pedro e Thiago Maia foram os autores do gol da vitória, por 2 a 0, que permitiu o time de Rogério Ceni saltar na tabela e ganhar sete posições - agora é o sexto colocado, com 12 pontos em uma dúzia de partidas realizadas.

+ Veja a tabela completa do Brasileirão

COMO A VITÓRIA FOI CONSTRUÍDA

O primeiro tempo foi escasso de emoções, mas não zerado. Como era de se esperar, o Flamengo teve a iniciativa do ataque integralmente e alugou o campo de defesa dos mandantes. E, assim, com as rédeas da partida nas mãos, roubou a bola na pressão pós-perda e abriu o placar, ainda aos nove minutos.

Vale a menção da infiltração de Gomes, que pisou na área, como Ceni pede, e mostrou recurso ao servir Pedro, responsável apenas por escorar a bola, com Walter fora de posição: caixa. No mais, a etapa inicial contou com uma boa chance de Bruno Henrique já pela pequena área, defendida pelo goleiro, e só. O Dourado não assustou, e o Rubro-Negro pouco ousou para arrematar.

Cuiabá x Flamengo
Cuiabá x Flamengo

Pedro chegou a quatro gols no Brasileiro (Foto: Alexandre Vidal / CRF)

COMO A VITÓRIA QUASE FOI DESTRUÍDA

O panorama da etapa final foi outro. Totalmente. O Cuiabá veio com mudanças táticas, adiantou as linhas e deixou o Fla, que perdeu o controle da posse, acuado em certos momentos. Um dos oriundos do banco, Danilo perdeu uma chance clara, nas costas da defesa rubro-negra, logo no reinício da peleja e não permitiu que o drama acentuasse.

O Cuiabá pressionou, tentou finalizar de longa distância e até chegou a ir à rede, mas houve impedimento - assinalado em campo - na origem do lance. Ficou o susto para os favoritos ao triunfo e o alerta em relação aos frequentes e duradouros "cochilos" após os intervalos.

O PRIMEIRO NUNCA SE ESQUECE

Para matar, o segundo gol do Flamengo saiu já nos acréscimos, numa estocada letal, com boa puxada de Rodrigo Muniz, assistente para o primeiro tento de Thiago Maia pelo Flamengo. A marca ao menos serviu de alento, já que o time se limitou aos contragolpes e, enfim, encaixou um na reta final.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS

Sem o Maracanã por conta da Copa América, o Flamengo mandará o clássico contra o Fluminense, neste domingo, na Arena Neo Química (do Corinthians), às 16h. Já às 18h15, o Cuiabá recebe o Atlético-MG, no mesmo palco do jogo desta quinta. Ambos os confrontos serão pela 9ª rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
CUIABÁ 0X2 FLAMENGO - 8ª RODADA DO BRASILEIRO
Estádio:
Arena Pantanal em Cuiabá (MT)
Data e hora: 1º de julho de 2021, às 20h
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR)
​Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
Árbitro de vídeo: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Gramado: bom
Cartões amarelos: Marllon, Clayson, Danilo (CUI) / Diego, Bruno Henrique, Rodinei (no banco), Vitinho, Max (FLA)
Cartões vermelhos: -

+ Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GOL: Pedro, 9'/1º (0-1); Thiago Maia, 46'/2ºT (0-2)

CUIABÁ (Técnico: Luiz Fernando Iubel)
Walter; Lucas Ramon (Camilo, intervalo), Marllon, Paulão e Lucas Hernández (Rafael Elias, 32'/2ºT); Yuri, Rafael Gava (Uillian Correia, 25'/2ºT) e Pepê; Clayson, Elton (Felipe Marques, 15'/2ºT) e Jonathan Cafu (Danilo Gomes, intervalo).

FLAMENGO (Técnico: Rogério Ceni)
Gabriel Batista; Matheuzinho, Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Diego (Thiago Maia, 11'/2ºT), João Gomes (Hugo Moura, 11'/2ºT), Vitinho (Max, 31'/2ºT) e Michael; Bruno Henrique (Werton, 48'/2ºT) e Pedro (Rodrigo Muniz, 31'/2ºT).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos