Flamengo liga alerta para novo 'caso Paquetá' e toma cuidado com pendurados contra Junior

Marcello Neves
·1 minuto de leitura
Jogadores do Flamengo comemoram o primeiro gol

89987922_ESP Rio de Janeiro RJ 10-10-2020 - Campeonato Brasileiro 2020 - Jogo entre Vasco x Flamengo.jpg

Jogadores do Flamengo comemoram o primeiro gol

O Flamengo já está classificado às oitavas de final da Libertadores e precisa de apenas um empate para ser líder do Grupo A. Porém, ainda há com o que se preocupar. Com Filipe Luís, Willian Arão e Thiago Maia pendurados, o Rubro-Negro terá que evitar um novo "caso Paquetá" com suspensões, assim como em 2018.

Filipe Luis, Arão e Thiago Maia estão pendurados com dois cartões amarelos. Se forem punidos contra o Junior, nesta quarta-feira, estarão suspensos no primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores. Caso não, terão seus cartões zerados assim como todo o elenco. Pode parecer simples, mas isso já trouxe muitos problemas para o Rubro-Negro.

Em 2018, o Flamengo já estava classificado antecipadamente às oitavas de final e enfrentou o River Plate, da Argentina, no Monumental de Nuñez. Ao lado de Vinicius Junior, Lucas Paquetá era o principal destaque da equipe e entrou em campo pendurado. Ao receber cartão amarelo, foi suspenso para a partida contra o Cruzeiro, pelas oitavas de final.

Na ida, o Rubro-Negro sentiu a falta do meio-campista e foi derrotado por 2 a 0, dentro do Maracanã. Na volta, Paquetá retornou para o jogo do Mineirão, mas não conseguiu impedir a eliminação.

Flamengo e Junior Barranquilla se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, pela última rodada do Grupo A da Libertadores. Já classificado, o time rubro-negro precisa apenas de um empate para garantir o primeiro lugar da chave.