Flamengo inicia trabalhos visando 2023: veja prováveis saídas, reforços e renovações


As comemorações pelos títulos da Copa do Brasil e da Libertadores ainda não acabaram, mas a diretoria do Flamengo, a partir desta segunda-feira, inicia os trabalhos visando a formação do elenco para 2023. O vice-presidente de futebol Marcos Braz afirmou, ainda em Guayaquil, que o departamento de futebol avaliará os erros e acertos cometidos ao longo da temporada para manter os troféus na Gávea.

- O processo faz parte da vida. Estou aqui hoje e amanhã será outro dirigente. Já fizemos uma grande janela, com Cebolinha, Varela, Pulgar, jogadores de seleção. Continuar a renovação para segurar os títulos que ganhamos e consertar as coisas que erramos. Não é porque ganhamos dois que não erramos. O título é da torcida e da instituição e começamos a trabalhar pensando em 2023 - afirmou.

MAIS UM ANO PARA FILIPE LUÍS E DAVID LUIZ?

Titulares absolutos e líderes do elenco, os experientes Filipe Luís e David Luiz são dois dos atletas que têm contrato até dezembro. Os dois, claro, estão nos planos do Flamengo para 2023. Até o último final de semana, o discurso estava alinhado: renovações só seriam discutidas após as decisões das Copas. Agora, o momento chegou.

Com Filipe Luís a ideia inicial é estender o vínculo por mais uma temporada. O lateral, de 37 anos, tem desejo de encerrar a carreira no clube e tem ótima relação com a direção, o que indica uma resolução simples. Já David Luiz, de 35 anos, foi mais enigmático ao responder sobre o futuro - veja aqui! -, mas também sente-se em casa e bem no Ninho do Urubu.

AYRTON LUCAS VAI FICAR?

Um dos destaques da final da Libertadores, o lateral-esquerdo está emprestado pelo Spartak Moscow (RUS) até dezembro de 2022. O clube tem interesse na permanência de Ayrton Lucas, que tem opção de compra fixada em 9 milhões de euros (cerca de R$ 47 milhões). O valor é significativo e as alternativas serão discutidas pela diretoria.

Na zona mista após a vitória sobre o Athletico, Ayrton Lucas, que substituiu Filipe Luís ainda no primeiro tempo e foi decisivo, foi interrompido por João Gomes durante entrevista, que reforçou o coro pela permanência do lateral: "Fica, Beijinho! Eu apoio!" - veja aqui!

Diego Alves e Diego Ribas Final Libertadores
Diego Alves e Diego Ribas Final Libertadores

Diego e Diego Alves em Guayaquil (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

AS DESPEDIDAS DE JOGADORES HISTÓRICOS

Por outro lado, três nomes históricos do Flamengo devem se despedir do clube. Os contratos de Diego Alves, Rodinei e Diego Ribas se encerram em dezembro e, em situações diferentes na carreira e dentro do time, os futuros serão longe do Ninho do Urubu.

Contratado em 2017, o goleiro tornou-se reserva e pouco atuou na temporada. Algo similar ao meia, que chegou ao clube em 2016, e, inclusive, já anunciou que deixará o Flamengo em dezembro. Com a classificação para o Mundial, a possibilidade de extensão dos vínculos até a competição está no ar, mas a direção ainda não se posicionou.

Já o lateral-direito vive seus últimos meses como jogador do Fla e deve se despedir em alta, talvez vivendo seu melhor momento com o Manto. Querido pelo elenco, Rodinei está valorizado no mercado, já foi procurado por outros clubes da Série A e, após um impasse com a direção no meio do ano, deve respirar novos ares a partir de janeiro.

VEM SUPERCONTRATAÇÃO?

Com as receitas impulsionadas pelas premiações das Copas, o Flamengo terá capacidade de investimento para reforçar o elenco atual. Há algumas semanas, o vice-presidente de futebol Marcos Braz falou sobre uma "supercontratação" em caso de título da Libertadores, visando o Mundial de Clubes, o que se confirmou.

O nome de Oscar, meia brasileiro do Shanghai Port, da China, é um alvo após a tentativa frustrada na última janela de transferências.