Flamengo inicia busca pelo título da Champions League de basquete

Flamengo inicia disputa da Champions League nesta sexta-feira (Foto: reprodução/site do Flamengo)
Flamengo inicia disputa da Champions League nesta sexta-feira (Foto: reprodução/site do Flamengo)


O Flamengo desembarcou nesta quinta-feira em solo argentino para sua estreia na Champions League da FIBA, uma espécie de "Libertadores do basquete", contra o Instituto de Córdoba, sexta-feira, às 21h30. A competição, em novo formato, é a antiga Liga das Américas, que o Flamengo conquistou em 2014, credenciando-se para a disputa do mundial de clubes daquele ano. Sesi Franca e Mogi das Cruzes são os outros brasileiros na disputa.

O clube está no Grupo C do torneio, junto com o Instituto (Argentina) e o Valdívia (Chile), que por questões político-sociais no país adiou o confronto contra os rubro-negros, ainda sem nova data. Os dois primeiros colocados de cada chave avançarão para as quartas de final, que serão disputadas em série melhor de três, assim como nas semifinais e na final. O campeão se garante na Copa Intercontinental, que terá novo formato a partir do ano que vem.

– É a maior competição das Américas. É como se fosse a Libertadores do basquete, dá uma vaga para disputar o Mundial, que é o que a gente quer e é a nossa prioridade na temporada – disse o técnico Gustavo De Conti.

Sobre o novo formato de disputas, o ala Marquinhos concorda que foi uma mudança para melhor.

– Eu achei o novo formato brilhante porque antigamente você ia para uma mesma cidade jogar três jogos de uma forma muito mais difícil, com um jogo atrás do outro, então o nível de cansaço era muito alto. Você jogava em poucos dias com três equipes muito fortes. E agora não. O novo formato proporciona ao time da casa jogar junto com sua torcida, podendo contar com mais apoio. Joga um jogo em casa e um jogo fora, então eu achei muito melhor.

– Eu acho o novo formato mais justo, porque você joga uma partida em casa, uma partida fora de casa, então acredito que seja a forma mais justa de definir o campeão da competição – completou o ala-pivô Olivinha.

Marquinhos destacou a semana intensa de treinos e a importância de começar a corrida pelo título com o pé direito.

– Eu quero abraçar esta ideia, né? A Champions League é um caminho para o Mundial. O Flamengo tem uma equipe forte, com chances reais de ganhar esse torneio. O Flamengo adora novidade, adora uma competição nova, então a gente vai com tudo pra conseguir alcançar nosso objetivo. A gente vai começar jogando uma partida muito importante fora de casa contra o Instituto, uma equipe que no ano passado deu muito trabalho pra gente, mas se a gente sai com uma vitória já é um passo enorme pra sequência da competição. A gente fez bons treinos essa semana, estudando bem a equipe adversária, pra fazermos um grande primeiro jogo – completou.














Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também