Flamengo goleia Olimpia (5-1) e vai às semifinais da Libertadores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
Jogadores do Flamengo comemoram o gol de Willian Arão contra o Olimpia na Copa Libertadores no dia 18 de agosto de 2021 em Brasília
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Flamengo se classificou para as semifinais da Copa Libertadores-2021 ao golear o Olimpia paraguaio por 5 a 1 nesta quarta-feira, em Brasília.

O atacante Gabigol marcou dois gols (30 e 77), ampliando sua vantagem como artilheiro do torneio. Bruno Henrique (36), William Arão (58) e um gol contra de Saúl Salcedo (55) fecharam a goleada.

O meia uruguaio Arrascaeta foi um dos destaques participando de três dos cinco gols do time carioca no estádio Mané Garrincha, onde o atual bicampeão brasileiro, cuja casa é o Maracanã, jogou como anfitrião diante de 11.200 torcedores permitidos pelas autoridades.

Arrascaeta apareceu a partir do segundo gol. 'Gabigol' forçou o erro da defesa paraguaia para que o uruguaio colocasse a bola na cabeça de Bruno Henrique (36) que desviou para dentro do gol.

Willian Arão (48) ampliou a vantagem ao empurrar uma bola depois de uma série de rebotes na área, após uma cobrança de falta de Arrascaeta. E Saúl Salcedo mandou para o próprio gol ao tentar afastar um escanteio cobrado pelo camisa 14.

Gabigol fechou a goleada (77) de cabeça após um cruzamento de Diego Ribas, com o qual chegou a dez gols no torneio, quatro a mais que seus perseguidores Fred (Fluminense), Hulk (Atlético Mineiro) e Rony (Palmeiras).

"Estamos com os pés no chão e pensando na próxima fase", avisou o aatacante.

O Olimpia descontou em uma de suas poucas chances de gol por meio de Jorge Recalde (45). O placar agregado terminou 9 a 2 para os cariocas.

O Flamengo vai enfrentar nas semifinais o vencedor do confronto entre Fluminense e Barcelona, que entram em campo nesta quinta-feira em Guayaquil. No primeiro jogo, no Maracanã, empataram em 2 a 2.

- Futebol de qualidade -

Antes do jogo que mais parecia uma formalidade, após a goleada em Assunção, Renato Gaúcho se rendeu ao talento do seu quarteto ofensivo, formado por Gabigol, Arrascaeta, Bruno Henrique e Everton Ribeiro.

O 'Quarteto Fantástico' respondeu às orientações do treinador com um verdadeiro espetáculo na primeira hora de jogo, em que o ponto mais baixo foi Everton Ribeiro.

Arrascaeta mais uma vez exibiu sua capacidade de assistência e 'timing' perfeito para liderar as ofensivas do Flamengo, aproveitando o faro de gol de Gabriel Barbosa e a velocidade de Bruno Henrique, que marcou seu segundo gol na Libertadores.

Após a grande exibição e com a classificação no bolso, o meia de 27 anos foi substituído por Vitinho (58).

Após a sua saída, o Flamengo diminuiu um pouco o ritmo mas mesmo assim, com boa parte de seus destaques já no banco, o goleiro Alfredo Aguilar evitou que a goleada fosse ainda maior.

O Flamengo não perdoou a estreia de Enrique Landaida no comando do Olimpia, que acumulou a quinta derrota consecutiva e é penúltimo no campeonato paraguaio. O uruguaio Sergio Orteman deixou o cargo após a derrota por 3 a 0 para o Cerro Porteño no clássico paraguaio.

Apesar do Olímpia do incansável Roque Santa Cruz ter tentado se defender com raça, o Flamengo de Renato Gaúcho sobrou em campo com seu futebol de qualidade e deixou claro que é um sério candidato ao título.

raa/cl/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos