Flamengo fica com 16,6% da renda do clássico em Brasília, pouco mais do que as federações do Rio e do DF


Com o Maracanã fechado para troca do gramado, o Flamengo levou o clássico contra o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro, para Brasília. Os mais de 54 mil torcedores que foram ao Mané Garrincha deram ao clube a maior renda de bilheteria do ano: R$ 4.800.370,00. Porém, o clube da Gávea ficou com apenas 16,6% desse valor, uma vez que o acordo para "vender" mando foi fechado por um cota de R$ 800 mil.

+ Joia do Ninho tem início promissor no time principal do Flamengo

O total de despesas foi de R$ 2 milhões e 956 mil, sendo a operação do jogo (R$ 1 milhão e 289 mil) a mais relevante. Há de se destacar as taxas pagas às federações do Rio de Janeiro e do Distrito Federal, cada uma no valor de R$ 225 mil. Ainda houve outra despesa de R$ 5 mil com a Federação de Futebol do DF, não detalhada no borderô.

+ Saiba quais times já aderiram à Libra e quem está na espera

A Ferj ainda recebeu uma outra cota no valor de R$ 225 mil, como estabelecido no acordo para levar o clássico para o Mané Garrincha.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos