Flamengo fechará o ano com três alterações no time em relação a 'jogo histórico'

LANCE!
·2 minuto de leitura


O Flamengo fechará o ano de 2020 com a única viagem prevista para este mês, uma vez que o duelo diante do Fortaleza, neste sábado, será no Castelão - e válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o confronto na capital cearense, o Rubro-Negro irá a campo com três alterações em relação ao "jogo histórico" da última rodada - pois assim Rogério Ceni definiu a vitória sobre o Bahia por 4 a 3, depois de duas viradas e expulsão de Gabigol logo no início.

Aliás, por falar em Ceni e Gabigol, o técnico não poderá contar com o camisa 9, naturalmente, pela suspensão automática.

Além de Gabriel Barbosa, Rogério fará mais duas alterações no time titular: voltará com Willian Arão na vaga de João Gomes, titular nos dois últimos jogos na ausência do camisa 5 por lesão, e Renê na vaga de Filipe Luís, suspenso (com três cartões amarelos).

A propensão é Rogério Ceni manter o padrão tático da equipe, em um 4-4-2 variável - o que tem sido uma tônica neste seu início de trabalho no Flamengo.

Cabe destacar ainda que este que será o 10º jogo do treinador pelo Rubro-Negro tende a ter uma carga emocional acentuada para Ceni, uma vez que estava no Fortaleza até mês passado e é uma figura histórica no clube.

- Ajuda muito (Ceni conhecer o Fortaleza), mas também ajuda ao Fortaleza, porque conhecem o trabalho dele e podem saber como o Flamengo vai jogar. Vai ser uma partida difícil. Eles precisam muito dos pontos, mas nós também - destacou Isla, em entrevista coletiva.

> Confira e simule a tabela do Campeonato Brasileiro

Para o jogo deste sábado, agendado para as 19h, Ceni deve mandar a campo a seguinte equipe: Diego Alves; Isla, Rodrigo Caio, Natan e Renê; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Pedro.