Flamengo estreia na Libertadores com vitória (2-1) sobre o Junior Barranquilla

AFP
Everton Ribeiro comemora um gol pelo Flamengo contra o Junior em uma partida da Copa Libertadores disputada em Barranquilla, Colômbia, em 4 de março de 2020
Everton Ribeiro comemora um gol pelo Flamengo contra o Junior em uma partida da Copa Libertadores disputada em Barranquilla, Colômbia, em 4 de março de 2020

O Flamengo, atual campeão da Copa Libertadores, começou a defender seu título com uma vitória por 2 a 1 sobre o Junior nesta quarta-feira na cidade colombiana de Barranquilla.

O time comandado pelo português Jorge Jesus venceu em sua estreia no Grupo A com dois gols do capitão Everton Ribeiro, aos 6 e 79 minutos, no Estádio Metropolitano.

O atacante Teófilo Gutiérrez diminuiu já nos acréscimos (90+5). Com essa vitória tranquila, mas sem brilho, o Flamengo é o vice-líder de sua chave, atrás do Independiente del Valle, que venceu o Barcelona por 3 a 0, em um duelo entre equatorianos, em Guayaquil.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O time carioca vai voltar a campo no dia 11 de março, quando recebe o Barcelona no Rio de Janeiro.

Já o Junior Barranquilla encara, no mesmo dia, o Independiente no Equador.

- Flamengo domina -

O Flamengo, apesar de desfalcado dos lesionados Rodrigo Caio, Rafinha e Bruno Henrique, se mostrou ofensivo desde o início da partida, mesmo jogando fora de casa.

E o gol veio logo aos 5 minutos. Vitinho lançou para o uruguaio Giorgian De Arrascaeta, que se livrou dos marcadores e deu um ótimo passe para Everton Ribeiro chutar de primeira e abrir o placar.

Apesar da vantagem, o time carioca, comandado pelo técnico Jorge Jesus, não recuou e continuou dominando a partida, com mais posse de bola.

Do outro lado, os colombianos tentavam buscar o gol, apostando na dupla Gutiérrez e Miguel Borja.

O ex-jogador do Palmeiras tentou aos 24 minutos, com um chute rasteiro de pé direito, mas Diego Alves defendeu. Aos 45, foi a vez de Teo arriscar, mas o goleiro rubro-negro evitou novamente.

O Flamengo respondeu com o artilheiro Gabigol que assustou a defesa colombiana com duas bombas de canhota (45+3 e 52) que passaram rente à trave.

Mas o Junior Barranquilla não se entregou, e buscou jogo por meio de seus pontas Freddy Hinestroza e Edwuin Cetré, pressionando a defesa rubro-negra.

Quando parecia haver uma esperança de empate para os colombianos, Everton Ribeiro voltou a aparecer para marcar após um contra-ataque puxado por Michael, que havia entrado no lugar de Arrascaeta.

O Junior continuou tentando e Gutierrez conseguiu diminuir, mandando a bola para o fundo das redes, após um cruzamento de Sherman Cárdenas. Mas já era tarde demais.

- Palmeiras vence Tigre -

Mais cedo, o Palmeiras também conseguiu um ótimo resultado ao derrotar o Tigre da Argentina por 2 a 0 em sua estreia no Grupo B, em um jogo disputado em Victoria, na capital Buenos Aires.

Os atacantes Luiz Adriano (16) e Willian (65) marcaram os gols da vitória do clube paulista, que enfrentou dificuldades em alguns momentos da partida diante do adversário da segunda divisão do futebol argentino.

O Tigre terminou a partida com dez jogadores em campo devido à expulsão do zagueiro Matías Pérez García (61), que recebeu o cartão vermelho do árbitro colombiano Wilmar Roldán por agredir o ponta-esquerda Rony.

Leia também