Flamengo entra em contato com CBF e sinaliza interesse em vacinas doadas pela Conmebol

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Após a Conmebol distribuir vacinas da Covid-19 entre as confederações filiadas, o Flamengo se movimenta nos bastidores para ter acessos às doses. O clube rubro-negro entrou em contato com a CBF, sinalizou o interesse e seguiu todos os passos burocráticos exigidos pela entidade. A informação foi divulgada inicialmente pelo jornal "O Dia".

+ Com reservas e jovens da base, Renato prepara time alternativo do Flamengo para encarar o ABC

Antes de aplicar as doses, a CBF está fazendo um levantamento para saber quais membros de cada equipe precisa da vacina. O Flamengo é um dos clubes que preencheram os formulários e, neste momento, aguardam novas orientações da entidade, que ainda não definiu os detalhes para o início da aplicação das doses.

Se o processo demorar, no entanto, é possível que o Flamengo nem precise das doses da CBF para vacinar o elenco. Com cronograma avançado, a Prefeitura do Rio de Janeiro espera vacinar toda a população adulta até o dia 18 de agosto. Everton Ribeiro, por exemplo, aproveitou a data destinada às pessoas de 32 anos e tomou vacina nesta segunda-feira.

+ Everton Ribeiro celebra vacinação em vídeo: 'Chegou meu dia! Vacinas salvam'

Enquanto aguarda a CBF, o Flamengo se prepara para os próximos desafios na temporada. Nesta quinta-feira, às 20h (de Brasília) a equipe encara o ABC para confirmar a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Como venceu o jogo de ida por 6 a 0, o time pode perder até por cinco gols no Rio Grande do Norte.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos