Flamengo e Sport "entram em campo" por mais uma batalha pelo título de 87

Superior Tribunal de Justiça (STF) julgou, na tarde desta terça-feira (18), o recurso do Rubro-Negro Carioca, que pleiteava a taça do Brasileiro 1987

Nesta terça-feira(18), a bola rola para Flamengo e Sport na "decisão" do título brasileiro de 1987. Ou melhor dizendo, o martelo será batido para, enfim, o Superior Tribunal de Justiça julgar o recurso do Rubro-Negro carioca contra a decisão do ano passado tomada pelo ministro Marco Aurélio Mello mantendo o time de Recife como único campeão daquele brasileirão.

Ao jornal Extra, Marco Aurélio Mello afirmou que o Flamengo não pode se fazer valer por uma decisão da CBF em dividir o título.

"A CBF poderia dar o dito pelo não dito, colocar em segundo plano a decisão? Não. A coisa julgada fez a bola ficar quadrada".

VEJA TAMBÉM:

O vice jurídico do Flamengo, Flávio Willeman, estará em Brasília acompanhando de perto o caso. Dentro do clube, o clima é de confiança para o jugalmento. O diretor Bernardo Accioly afirmou que O Flamengo está confiante que a vitória nos campos também será traduzida em vitória jurídica".

O Campeonato que nunca termina terá um novo capítulo nesta tarde, mas talvez não seja o definitivo, ao que parece, os dois clubes brigarão eternamente pelo título graças a uma tremenda "bagunça" daqueles que comandam o futebol brasileiro.