Flamengo e Olympique não avançam, e reapresentação de Gerson ao clube francês se aproxima


Apesar do desejo do Flamengo e do próprio Gerson, o retorno do Coringa ao clube, neste momento, é difícil. A diretoria da Gávea segue em negociação com o Olympique de Marselha, mas não conseguiu avançar no acordo. Há divergência entre os valor oferecido pelo clube carioca e o valor pedido pelos franceses. Assim, a reapresentação do meia ao Olympique segue prevista para o dia 30 de novembro, na próxima quarta.

Nesta quarta, Marcos Braz, vice-presidente de futebol, esteve reunido com representantes do clube francês e a tratativa não avançou, como informou o portal "ge". Em julho de 2021, Gerson foi vendido por 20,5 milhões de euros (R$ 123,41 milhões) ao Olympique de Marselha, que mostra-se irredutível em recuperar o investimento feito no meia de 25 anos.

Gerson desembarcou no Rio de Janeiro, no último dia 12, para passar um período de férias em sua cidade natal, enquanto o calendário do Olympique está parado devido à Copa do Mundo. Neste período, Marco Silva, pai do meia, reforçou que o desejo do Coringa é retornar ao Ninho do Urubu, mas a direção do Flamengo, através de Rodolfo Landim e Bruno Spindel, ressaltaram a dificuldade do negócio por conta dos valores.

Por outro lado, o Olympique de Marselha admitiu que estava em negociação com o Flamengo, mas deixou claro que não facilitaria a transferência por conta do desejo do atleta, insatisfeito com a perda de espaço no time sob o comando do croata Igor Tudor.