Flamengo comunicou saída a Dorival após vazamento sobre Vitor Pereira

A saída de Dorival Jr do Flamengo não foi uma decisão do treinador, muito menos uma antecipação ao movimento do clube, que negocia com Vitor Pereira. Após o vazamento da informação sobre o novo pretendente, a diretoria rubro-negra comunicou ao empresário de Dorival, Edson Khodor, que ele estaria fora, em rápido encontro nesta sexta-feira. O aviso aconteceu às pressas depois da falta de retorno em relação à última tentativa de acordo, que ocorreu na terça-feira. Antes disso, o agente foi chamado no Rio e ficou seis dias sem resposta.

Dorival não tinha qualquer convite da seleção brasileira e aguardava a renovação, conforme prometido pelo vice de futebol Marcos Braz e o presidente Rodolfo Landim após o título da Libertadores. Havia um acordo encaminhado para um contrato de dois anos, que nunca foi assinado. Ciente de que poderia buscar um técnico estrangeiro, considerado ideal nos últimos anos, o Flamengo recuou.

- Primeiro, desde a minha chegada ao Flamengo, a minha única preocupação e a minha atenção e o respeito foram dedicados a esse clube. Eu disse para a diretoria que o ano de 2023 não seria diferente e a minha atenção seria totalmente voltada ao Flamengo. Financeiramente não seria um problema para a renovação. A diretoria entendeu que era o momento de uma mudança e eu respeito isso - afirmou Dorival em seu comunicado.

O Flamengo ainda não formalizou a saída do treinador, cujo contrato se encerra no fim de dezembro.