Flamengo com superávit, Botafogo com déficit de 20 mi: o balanço 2019 dos clubes do Rio

Goal.com

Se o que acontece nos campos de futebol é cada vez mais um reflexo do poderio econômico de um clube, o Flamengo mostrou que, em 2019, também esteve em um “outro patamar” em relação aos seus quatro rivais cariocas no assunto finanças.

Ainda que já fosse algo óbvio e um tanto quanto esperado, tendo como base as informações anteriores de cada instituição, o balanço de 2019 divulgado, na última quinta-feira (31), pelos gigantes do Rio de Janeiro evidenciou a lacuna esportiva que existe hoje.

O Flamengo, por exemplo, alcançou incríveis R$ 950,4 milhões de receita bruta, sendo R$ 899,7 milhões dos recursos vindo do futebol – muito mais do que Botafogo, Fluminense e Vasco somados.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O Rubro-Negro também foi o único a apresentar um superávit (R$ 62,9 milhões), enquanto o Botafogo teve o maior déficit (R$ 20,8 milhões) – reforçando a noção de que a única saída para a sua existência é se transformar em empresa.

Veja, abaixo, o déficit/superávit de cada clube, assim como quanto cada um arrecadou em receitas com o futebol – incluindo vendas de jogadores.

Botafogo

Paulo Autuori Botafogo 13 03 2020
Paulo Autuori Botafogo 13 03 2020
(Foto: Vítor Silva/Botafogo)

Déficit: R$ 20,8 milhões

Receita bruta com o futebol: R$ 185 milhões

Fluminense

Nenê Fluminense Vasco Carioca 15 03 2020
Nenê Fluminense Vasco Carioca 15 03 2020
(Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Déficit: R$ 9,3 milhões

Receita bruta com o futebol: R$ 250 milhões

Vasco

Alexandre Campello Vasco 03 08 2018
Alexandre Campello Vasco 03 08 2018
(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)
 

Déficit: R$ 5 milhões

Receita bruta com o futebol: R$ 171,8 milhões

Flamengo

Flamengo
Flamengo
(Foto: Getty Images)

Superávit: R$ 62,9 milhões

Receita bruta com o futebol: R$ 899,7 milhões

Leia também