Flamengo calcula quatro vezes mais lucro com Maracanã

Yahoo Esportes
Gastos vão diminuir depois que o Flamengo assumiu a gestão do Maracanã (Rudy Trindade/Gazeta Press)
Gastos vão diminuir depois que o Flamengo assumiu a gestão do Maracanã (Rudy Trindade/Gazeta Press)

65% da receita bruta. É essa a estimativa de arrecadação líquida do Flamengo para os jogos como mandante no Maracanã a partir de agora, com a vigência do contrato com o Governo do Estado do Rio de Janeiro que faz do clube o administrador do estádio - o Fluminense também terá participação na gestão da maior arena do país.

Se a estimativa rubro-negra se confirmar, fará do Maracanã uma enorme fonte de receita. Os 65% equivalem, por exemplo, a um faturamento quatro vezes maior na comparação com o com o antigo modelo com o Consórcio Maracanã.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

No ano passado, durante o Campeonato Brasileiro, o Flamengo ficou com apenas 14% de todo o montante que gerou com bilheteria. O time foi o recordista de público, com média de 47.140 pagantes por partida. A arrecadação total foi de R$ 25,3 milhões, só que, com taxas, descontos, impostos e outras questões, restaram apenas R$ 3,7 milhões líquidos.

Ou seja, cerca de R$ 21 milhões do dinheiro que saiu do bolso do torcedor do Fla acabaram indo para o ralo. Por causa de tamanho desperdício, o clube terminou a competição com apenas o oitavo maior faturamento da Série A.

Se o modelo atual já estivesse valendo em 2018, o Flamengo colocaria em seus cofres cerca de R$ 15 milhões.

Só será possível alcançar 65% de receita em cima da arrecadação total porque o Flamengo pretende enxugar uma série de custos tradicionais do Maracanã. Haverá menor contingente de pessoas extras trabalhando - funcionários rubro-negros serão deslocados para o estádio nos dias de jogos. O Fla ainda tentará assumir o controle de outras questões, a fim de reduzir gastos.

Veja mais no Blog do Jorge Nicola

Mais no Yahoo Esportes:

Leia também