Flamengo cai em grupo perigoso e de campeões na Conmebol Libertadores de 2021

Antonio Mota
·1 minuto de leitura

Após semanas de expectativas, projeções e ansiedade, o Flamengo conheceu, no início da tarde desta sexta-feira (9), os seus adversários da fase de grupos da Libertadores de 2021. Cabeça de chave do Grupo G, o Rubro-Negro Carioca não contou com muita sorte no sorteio da Conmebol e caiu com LDU, do Equador, Vélez Sarsfield, da Argentina, e Unión La Calera, do Chile.

Com o caminho inicial traçado, o Flamengo continua como favorito e tem plenas condições de avançar ao mata-mata, mas precisa ficar bem atento, em especial aos duelos contra os outros dois campeões continentais do grupo: LDU e Vélez Sarsfield. E mais: também não pode perder pontos para o Unión La Calera, que aparece como o azarão da chave.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A avaliação é que o Flamengo não pegou um grupo fácil e que vai ter que passar por clubes tradicionais, altitude, confusões e problemas comuns de um calendário super apertado para se garantir na fase mais aguda da Conmebol Libertadores de 2021. Seja como for, o Rubro-Negro é o mais forte da chave e tende a avançar ao mata-mata, mas vai ter que se provar dentro de campo.

É o inevitável caminho rumo à Glória Eterna.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.