Flamengo arrecada R$ 175 mil com leilão de camisas da Supercopa do Brasil; valor irá para ações sociais

LANCE!
·1 minuto de leitura


O Flamengo arrecadou R$ 175 mil com o leilão das 23 camisas utilizadas pelos jogadores na Supercopa do Brasil, onde venceu o Palmeiras, nos pênaltis, e conquistou o bicampeonato do torneio. O valor arrecadado será destinado à "Nação Solidária", programa da área de responsabilidade social do clube.

Foram 18 camisas vendidas para torcedores e colecionadores do Brasil, quatro dos Estados Unidos e uma da Alemanha. A camisa mais cara foi a de Diego Alves, por 3.888 euros, cerca de R$ 25 mil. Além de ter sido o herói do título, defendendo três pênaltis, foi a última vez que o goleiro usou a "amarelinha".

O evento foi realizado através da ‘Match Worn Shirt’, que é a maior plataforma de leilão de camisas de futebol do mundo.

O VP de Comunicação e Marketing do Flamengo, Gustavo Oliveira, ressaltou a importância dessa iniciativa:

- Este leilão foi mais uma das ações que o marketing tem procurado fazer para colaborar com o programa “Nação Solidária”. Uma arrecadação desse nível vai permitir aumentar ainda mais o importantíssimo trabalho que tem sido feito pela nossa Vice Presidência de Responsabilidade Social junto à diversas comunidades carentes. Além disso, esse leilão internacional foi mais uma maneira de mostrar para o mundo a força da nossa marca - afirmou o dirigente.